PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rajoy critica ato racista de torcedores do PSV: "Asqueroso e repugnante"

16/03/2016 19h14

Madri, 16 mar (EFE).- O presidente do Governo espanhol interino, Mariano Rajoy, fez duras críticas nesta quarta-feira aos atos de humilhação realizados por torcedores do PSV Eindhoven contra mendigos e indigentes em Madri antes do jogo contra o Atlético de Madrid, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

"A humilhação à qual essas pessoas foram submetidas é uma das coisas mais asquerosas e repugnantes que já vi na vida", criticou Rajoy em entrevista à emissora espanhola "Telecinco".

O presidente do Governo espanhol interino disse também que o ocorrido ontem na Praça Maior de Madri o fazia se sentir "péssimo". "Esses são autênticos bárbaros, que às vezes fazem que se duvide da bondade da espécie humana", afirmou o político, que destacou ser necessário agir por via judicial contra os responsáveis.

Antes do jogo realizado no estádio Vicente Calderón, na capital espanhola, um grupo de torcedores do PSV insultou e proferiu expressões racistas contra um grupo de mulheres indigentes, em direção das quais lançou moedas. Eles ainda as pediam para dançar enquanto gargalhavam da situação.

Esporte