PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Diego Costa é acusado de má conduta e pode levar 3 jogos de punição

14/03/2016 15h39

Londres, 14 mar (EFE).- O atacante Diego Costa, do Chelsea, foi acusado de "má conduta" nesta segunda-feira pela Federação Inglesa de Futebol (FA) após ter sido expulso durante a partida contra o Everton no último sábado, válida pela Copa da Inglaterra, e pode ser punido com até três jogos de suspensão.

Durante o confronto, que acabou com derrota do Chelsea por 2 a 0, em Goodison Park, Costa cuspiu nos pés do árbitro ainda no primeiro tempo, e acabou levando o primeiro cartão amarelo.

Depois, após sofrer uma entrada de Gareth Barry, encarou o rival e ameaçou dar uma mordida em seu pescoço. O árbitro acabou punindo o artilheiro com o segundo amarelo, expulsando-o de campo.

Ontem, o atacante brasileiro naturalizado espanhol pediu desculpas aos torcedores do Chelsea. Já Barry, que também foi expulso pouco depois após cometer outra falta, reconheceu que Costa não chegou a mordê-lo.

O Chelsea tem até a quinta-feira para apresentar recurso contra a acusação. Caso punido, Costa ficará de fora dos próximos três jogos da equipe, contra West Ham, Aston Villa e Swansea.

A FA informou, além disso, que o atacante terá que se explicar até a quarta-feira sobre um gesto que fez em direção aos torcedores do Everton depois de ter sido expulso.

O artilheiro já foi punido em janeiro do ano passado com três partidas de suspensão, depois de ter dado um pisão em Emre Can, volante do Liverpool, durante o duelo de volta das semifinais da Copa da Liga da Inglaterra.

Esporte