PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dirigente do Dortmund diz que Aubameyang não sai nem por 100 milhões de euros

25/01/2016 14h39

Berlim, 25 jan (EFE).- O diretor administrativo do Borussia Dortmund, Hans-Joachim Watzke, garantiu que o atacante Pierre Emerick Aubameyang, artilheiro do Campeonato Alemão, com 18 gols, não será vendido mesmo se chegar uma proposta de 100 milhões de euros.

Durante o fim de semana, o ex-jogador Lothar Matthäus causou furor na Alemanha ao dizer que poderia imaginar um clube da Inglaterra disposto a pagar esse valor pelo atleta gabonês.

"Matthäus parece ter bons contatos, mas mesmo se chegasse uma oferta dessa dimensão (100 milhões), isso não iria mudar nada. Não vamos vender Aubameyang", garantiu Watze em declarações publicadas nesta segunda-feira pelo jornal alemão "Bild".

'Auba' tem contrato com o Dortmund até 2020 e nesta temporada marcou 18 gols em 18 rodadas do Alemão, mantendo-se isolado na artilharia, com um a mais que o polonês Robert Lewandowski, do Bayern de Munique.

Esporte