PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Comunicado da Federação Venezuelana diz que eleição da Conmebol terá 1 chapa

23/01/2016 17h04

Caracas, 23 jan (EFE).- A Federação Venezuela de Futebol divugou nota na madrugada deste sábado, garantindo que graças a intervenção do presidente da entidade, Laureano González, as eleições da Conmebol terão apenas uma chapa concorrente, encabeçada pelo paraguaio Alejandro Domínguez.

"Tudo isso foi possível depois da renúncia do candidato à presidência, o uruguaio Wilmar Waldez, que é o atual interino da Conmebol", diz comunicado divulgado pela entidade nacional, sobre o pleito marcado para acontecer nesta terça-feira.

Com isso, o único que seguiria na disputa é Alejandro Domínguez, presidente da Associação Paraguaia de Futebol.

"É importante destacar que foi possível conciliar os diferentes interesses, dos diferentes candidatos, para buscar a maior concordância possível nos difíceis temas que a Conmebol responde, sobretuda no que diz respeito a transparência e distribuição de recursos que o futebol produz", aponta a nota.

Valdez, que dirige a Conmebol desde a renúncia do paraguaio Juan Ángel Napout e também é presidente da Associação Uruguaia de Futebol, não se manifestou oficialmente. A imprensa do país natal do dirigente afirma que a desistência já havia sido definida há alguns dias, por falta de apoios para concorrer no pleito.

Esporte