PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do Veracruz é suspenso por 1 ano após agressão a ex-árbitro

22/01/2016 21h40

Cidade do México, 22 jan (EFE).- O presidente e dono do Veracruz, Fidel Kuri Grajales, foi punido nesta sexta-feira com um ano de suspensão por ter agredido o ex-juiz Edgardo Codesal, membro do comitê de arbitragem da Federação Mexicana de Futebol (FMF).

A Comissão Disciplinar da FMF afirmou que averiguou os "fatos de violência" do dia 15 de janeiro no estádio Luis Fuente, ocorridos após a derrota do Veracruz para o León, por 3 a 1.

Revoltado pela expulsão do argentino Daniel Villalba, Kuri foi reclamar com Codesal, deu um tapa nas costas do ex-juiz e puxou seu cabelo, sendo tirado pelos seguranças do camarote onde ele assistia à partida.

O presidente do Veracruz não poderá realizar qualquer atividade relacionada com o futebol durante um ano e também foi proibido de entrar nos estádios que sua equipe atuar como visitante.

Além disso, o clube recebeu uma multa de 146 mil pesos mexicanos (US$ 7,93 mil).

Esporte