PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após acordo com ANFP, Sampaoli acerta saída da seleção do Chile

19/01/2016 19h21

Santiago do Chile, 19 jan (EFE).- O técnico argentino Jorge Sampaoli acertou nesta terça-feira a saída da seleção do Chile, após chegar a um acordo com a Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP) para diminuir a multa pela rescisão do contrato.

De acordo com comunicado divulgado pela ANFP, Sampaoli pagará uma indenização e abriu mão dos prêmios que deveria receber pela conquista da Copa América em julho do ano passado. Dessa forma, o treinador vai desembolsar US$ 1,8 milhão para romper o vínculo com a seleção, muito abaixo dos US$ 6,3 milhões estipulados no contrato.

As disputas entre a ANFP e o técnico argentino fizeram o Chile perder amistosos marcados para as primeiras datas Fifa.

Sampaoli é um dos treinadores mais bem-sucedidos do futebol do país, com 70% de aproveitamento, e comandou o Chile na conquista da Copa América, o único título da história seleção.

O presidente da ANFP, Arturo Salah, afirmou que, com o acordo, a entidade está livre para buscar uma nova comissão técnica. "Agora vamos nos dedicar a nossa prioridade: fazer o possível para que o Chile se classifique para a Copa do Mundo da Rússia de 2018", afirmou.

Esporte