PUBLICIDADE
Topo

Jogadores de Guiné Equatorial terão salários após desempenho na Copa Africana

11/02/2015 14h03

Redação Central, 11 fev (EFE).- Os jogadores da Guiné Equatorial que levaram a seleção do país ao quarto lugar da Copa Africana de Nações (CAN) receberão um salário mensal como prêmio, decidiu nesta quarta-feira o presidente Teodoro Obiang.

Obiang, no poder desde agosto de 1979, chamou os atletas da equipe treinada pelo argentino Esteban Becker de "heróis nacionais", e afirmou que Guiné Equatorial já é reconhecida de forma internacional no mundo do futebol, conforme declarações publicadas hoje pelo Escritório de Informação e Imprensa do país.

Além de parabenizar os integrantes da seleção pelo desempenho na CAN, o presidente afirmou que eles passarão a receber um salário regular quando atuarem com a camisa do país. O valor será reduzido pela metade nos meses que não tiverem torneios agendados.

Segundo o comunicado, Obiang deixou claro que o salário será dado aos jogadores apenas enquanto eles fizerem parte do time nacional. Uma vez que não mais sejam convocados, independentemente do motivo, o benefício será repassado às novas figuras da seleção.

A equipe guineense chegou à CAN com apenas 15 dias de preparação, após Marrocos negar ser sede da competição. Depois disso, a Confederação Africana de Futebol escolheu Guiné Equatorial como nova organizadora do evento, fazendo com que a seleção ficasse com a vaga de anfitriã.

Esporte