Bahia ganha bem do Athletico-PR fora de casa e dorme no G-4 do Brasileirão

Com um início fulminante, o Bahia mostrou que pretende brigar por coisas grandes no Brasileirão ao ganhar do Athletico-PR, por 3 a 1, em plena Ligga Arena, na abertura da 16ª rodada. A segunda vitória como visitante coloca o time provisoriamente no G-4, com os mesmos 30 pontos de Palmeiras e Botafogo, ficando atrás nos critérios de desempate. O Flamengo lidera o campeonato com 31.

Sob olhares de Martín Varini - o treinador uruguaio de 32 anos foi anunciado na última terça-feira-, o Athletico-PR estacionou nos 26 e caiu para o sétimo lugar, ultrapassado pelo Cruzeiro.

Não demorou para o placar ser aberto na Ligga Arena. Boa trama ofensiva do Bahia, Biel encontrou Everaldo, que bateu forte no ângulo de Léo Linck, que chegou a tocar na bola. O Athletico-PR sentiu e não demorou para levar o segundo.

Aos 15, em uma falha generalizada da defesa rubro-negra, Jean Lucas cruzou rasteiro, Léo Link não alcançou e Biel só empurrou para o gol. Foram então que surgiram as primeiras vaias. Sem conseguir jogar, o Athletico-PR só não levou o terceiro porque o goleiro espalmou chute de Biel.

O Athletico-PR voltou com outra postura do intervalo, mas esbarrava em uma noite inspirada de Marcos Felipe. Até que a pressão surtiu efeito aos 14 minutos. Fernando cruzou e Di Yorio cabeceou firme para diminuir.

A partida ficou aberta e o Bahia jogou um balde de água fria na reação rubro-negra aos 33 minutos. Luciano Juba cobrou falta, a bola desviou em Thiago Heleno e saiu do alcance de Léo Linck. Sem poder de reação, o Athletico-PR apenas viu o tempo passar para amargar a derrota em casa.

Os dois times voltam a campo no sábado. O Athletico-PR faz o jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil, diante do Ypiranga-RS, às 18 horas, na Ligga Arena. Já o Bahia enfrenta o Cuiabá, às 16 horas, na Arena Pantanal, pela 17ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 1 X 3 BAHIA

ATHLETICO-PR - Léo Linck; Leo Godoy (Madson), Thiago Heleno, Gamarra e Fernando; Gabriel (Zapelli), Fernandinho e Christian; Emersonn (Pablo), Di Yorio e Julimar (Cuello). Técnico: Juca Antonello (auxiliar).

BAHIA - Marcos Felipe; Gilberto (Cicinho), Gabriel Xavier, Kanu e Luciano Juba; Rezende, Jean Lucas (Caio Alexandre), Carlos de Pena (Everton Ribeiro) e Cauly; Biel (Thaciano) e Everaldo (Ademir). Técnico: Rogério Ceni.

GOLS - Everaldo, aos 9 e Biel, aos 25 minutos do primeiro tempo; Di Yorio, aos 14, e Luciano Juba, aos 33 do segundo.

CARTÕES AMARELOS - Fernandinho e Thiago Heleno (Athletico-PR); Rezende, Everaldo, Danilo Fernandes e Marcos Victor (Bahia).

ÁRBITRO - Felipe Fernandes de Lima (MG).

RENDA - R$ 709.145,00.

PÚBLICO - 23.307 presentes.

LOCAL - Ligga Arena, em Curitiba (PR).

Deixe seu comentário

Só para assinantes