Sem Yuri Alberto, Corinthians treina e busca espantar a crise em duelo com o Athletico-PR

O Corinthians fez neste sábado o seu último treino antes de enfrentar o Athletico-PR, no domingo, às 16h, na Ligga Arena, em Curitiba, pela 11ª rodada. O técnico António Oliveira terá sério problemas para escalar o time titular. São cinco desfalques, dentre eles, o artilheiro Yuri Alberto, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Além do atacante, o Corinthians continuará sem poder contar com o lateral-direito Fagner, com uma lesão no músculo posterior da coxa direita, o lateral-esquerdo Diego Palacios, em recuperação de uma cirurgia para correção de uma contusão na cartilagem, e o atacante Pedro Henrique, que faz tratamento no músculo posterior da coxa esquerda.

Neste sábado, depois de uma ativação física na academia, o elenco foi a campo para o aquecimento. Na sequência, o técnico António Oliveira promoveu um treinamento tático para fazer os últimos ajustes na equipe de olho no duelo deste domingo. Houve ainda repetições de bolas paradas, além de um complemento de finalizações.

A boa notícia ficou pelo retorno do goleiro Carlos Miguel, que está de saída do clube. Ele está acertado com o Nottingham Forest, da Inglaterra. Já Pedro Raul deve assumir o posto do suspenso Yuri Alberto. A expectativa é que o Corinthians entre em campo com: Carlos Miguel; Matheuzinho, Cacá, Gustavo Henrique e Hugo; Raniele, Breno Bidon, Rodrigo Garro e Igor Coronado; Wesley e Pedro Raul.

O objetivo do clube é dar uma resposta para aliviar a pressão sobre o elenco, que foi alvo de protestos na última sexta-feira, apesar de o presidente Augusto Melo ser o mais criticado pela situação atual da equipe. O dirigente recebeu, inclusive, ameaças.

O Corinthians não vence há sete jogos e ocupa apenas o 18º lugar do Brasileirão, com sete pontos. O Atlético-GO, primeiro fora da degola, tem oito.

Deixe seu comentário

Só para assinantes