Gandula de Atlético-GO x Criciúma é expulso do jogo por ajudar goleiro a arrumar barreira

O árbitro Alex Gomes Stefano, responsável por apitar o duelo entre Atlético-GO e Criciúma, que terminou com vitória do time catarinense, por 2 a 1, na noite de quarta-feira, registrou em súmula que expulsou um gandula da partida por ajudar o goleiro Ronaldo, da equipe goiana, a arrumar uma barreira antes de uma cobrança de falta. A partida, válida pelo Brasileirão, foi disputada no estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

O fato inusitado aconteceu aos 56 minutos do segundo tempo e acabou ineficaz, já que Trauco cobrou a falta com maestria e fez o gol da vitória do Criciúma. O árbitro relatou também que objetos foram atirados no gramado, o que pode render uma punição ao Atlético-GO no futuro.

"Excluí aos 56 minutos do 2º tempo o gandula, Lucas Silva Nunes Arruda por colocar-se ao lado da trave, orientando a formação de uma barreira numa cobrança de falta contra a equipe mandante. Logo em seguida, foram arremessados copos descartáveis vindos da torcida do Atlético Goianiense para o campo de jogo", relatou.

Para o Criciúma, a vitória veio como sinal de alívio, já que o clube vinha de quatro tropeços consecutivos no torneio. O clube catarinense subiu quatro posições na tabela do Brasileirão e chegou ao 14º lugar, com nove pontos, abrindo dois do Corinthians, o primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

"Precisamos ressaltar toda a mobilização dos atletas, e da comissão técnica em virtude dessa sequência pesada que temos. A gente foi feliz e obtivemos uma grande vitória. É uma vitória maiúscula e uma das viradas do ano, porque não tínhamos feito uma virada ainda neste ano também. E com relação ao Brasileiro, o time já vinha construindo isso, tem oscilações, o nível é alto", disse o treinador do Criciúma, Cláudio Tencati.

A equipe catarinense volta a campo para enfrentar o Botafogo no sábado, às 16h, no estádio Heriberto Hülse, pela 11ª colocação do Brasileirão.