Flamengo marca no fim, vence o Bahia e assume a liderança do Brasileirão

O Flamengo é o novo líder do Brasileirão. Na noite desta quinta-feira, o time rubro-negro contou com gol de David Luiz nos acréscimos para vencer o Bahia, por 2 a 1, no Maracanã, pela décima rodada.

Invicto há cinco jogos, o Flamengo chegou aos 21 pontos e deixou para trás o Botafogo, que tem 20. O Bahia, por sua vez, perdeu uma invencibilidade de oito rodadas e estacionou nos 18 pontos.

A torcida rubro-negra presente no Maracanã levou sustos no início do jogo. Cauly recebeu dentro da área e bateu de primeira rente a trave de Rossi. Na sequência, Jean Lucas finalizou com perigo por cima. O Flamengo, porém, foi letal.

Aos 23 minutos, Pedro ajeitou e Gerson soltou a bomba de primeira, mandando no cantinho de Marcos Felipe. Mas a vantagem rubro-negra foi por água abaixo aos 35. Everaldo foi lançado, Ayrton Lucas não cortou e o atacante tocou na saída de Rossi.

O jogo era aberto e o Flamengo quase foi para o intervalo em vantagem. Everton Cebolinha recebeu de Gerson, ganhou a dividida com o zagueiro adversário e bateu colocado, pela linha de fundo. O lance levantou a torcida.

O segundo tempo começou morno. Vendo a dificuldade do Flamengo em criar jogadas ofensivas, a torcida tentou empurrar nas arquibancadas. O apoio surtiu efeito e o time rubro-negro encurralou o Bahia. Faltava acertar o último passe.

Um lance polêmico aconteceu aos 44 minutos. Gerson cobrou escanteio, David Luiz cabeceou e a bola acertou o braço de Gilberto. Os rubro-negros pediram pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Quando parecia que o jogo terminaria empatado, Gerson cobrou falta perto da bandeira de escanteio e David Luiz desviou de cabeça na primeira trave. Marcos Felipe chegou a tocar na bola, mas não o bastante para evitar o gol, que fez explodir o Maracanã.

Os times voltam a campo no domingo, às 16 horas, pela 11ª rodada. O Flamengo faz o clássico contra o Fluminense, no Maracanã, e o Bahia recebe o Cruzeiro, na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 1 BAHIA

FLAMENGO - Rossi; Wesley, David Luiz, Léo Pereira e Ayrton Lucas (Cleiton); Léo Ortiz (Evertton Araújo), Gerson e Lorran (Gabi); Luiz Araújo (Allan), Pedro e Everton Cebolinha (Bruno Henrique). Técnico: Tite.

BAHIA - Marcos Felipe; Gilberto, Gabriel Xavier, Kanu e Luciano Juba; Caio Alexandre (Rezende), Jean Lucas, Everton Ribeiro (Carlos de Pena), Cauly (Biel) e Thaciano (Estupiñán); Everaldo (Ademir). Técnico: Rogério Ceni.

GOLS - Gerson, aos 23 e Everaldo, aos 35 minutos do primeiro tempo. David Luiz, aos 49 minutos do segundo.

CARTÕES AMARELOS - Léo Ortiz (Flamengo); Jean Lucas (Bahia).

ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (FIFA - SC).

RENDA - R$ 2.539.010,00.

PÚBLICO - 49.909 total (46.167 pagantes).

LOCAL - Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).