Sem Vegetti, Vasco encara Juventude por reação após dura sequência no Brasileirão

Pressionado pelo jejum de vitórias e desempenho abaixo do esperado, o Vasco joga novamente pressionado no Brasileirão. Nesta quarta-feira, às 20h, visita o Juventude no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela décima rodada. Além de não contar com o meia Payet, também terá o desfalque do artilheiro argentino Vegetti.

A partida ainda marca dois reencontros. O primeiro deles entre os clubes, já que a última vez que Juventude e Vasco se enfrentaram na elite nacional foi há 17 anos, em 2007. No primeiro jogo, em 7 de julho, o Juventude venceu em casa por 2 a 0. No returno, em 3 de outubro, os gaúchos se deram melhor novamente e fizeram 1 a 0 em São Januário.

Outro reencontro será entre o meia Nenê e o Vasco. O jogador de 42 anos deixou o clube carioca em 2023, quando acertou com o Juventude inicialmente até o fim da temporada. A expectativa era de que se aposentasse e retornasse ao cruzmaltino como dirigente. Entretanto, com boas atuações na Série B, renovou por mais um ano.

A ausência de Vegetti será uma preocupação muito grande, uma vez que ele tem 12 dos 37 gols do time na temporada, representando 32%. Considerando apenas o Brasileirão, fez quatro dos sete gols, o que representa 57%. A má notícia se junta ao desfalque de francês Payet, principal refúgio criativo do time, que lesionou a coxa.

Além disso, o Vasco vem de uma dura sequência, com três jogos sem vencer. Perdeu para o Flamengo, por 6 a 1, Palmeiras, por 2 a 0, e empatou sem gols em casa com o Cruzeiro. Nesta última partida, porém, a torcida ao menos viu uma defesa mais segura, que não sofreu gols pela primeira vez na competição. Com sete pontos, o clube cruzmaltino segue ameaçado pela zona de rebaixamento, em 15º lugar.

O técnico português Álvaro Pacheco escolheu Clayton para a função de centroavante. Ele não vem recebendo muitas oportunidades e ainda busca seu primeiro gol. Outra mudança pode ser o retorno de Lucas Piton. O lateral-esquerdo, porém, ainda não está confirmado após problemas gástricos e tem Victor Luís como opção. No meio-campo, JP, que foi titular contra o Cruzeiro, disputa posição com Sforza. O meia Praxedes e o zagueiro Rojas seguem no departamento médico.

Após rumores do retorno do técnico Ramón Díaz, Pacheco minimizou a questão e garantiu foco na reação. "É importante perceber que tem um processo. Importante as pessoas acreditarem, o futebol é assim. Estou com vontade de trabalhar ao máximo. Quando está acima de mim a decisão, eu não controlo. Posso dizer que todos os dias eu trabalho e morro pelos interesses do Vasco."

Depois de uma série de quatro jogos invicto, o Juventude perdeu na última rodada para o Red Bull Bragantino por 2 a 1 fora de casa. Como mandante, porém, segue sem perder, com duas vitórias (Corinthians por 2 a 0 e Atlético-GO por 1 a 0) e dois empates (Athletico e Vitória, ambos por 1 a 1).

A campanha deixa o time com dez pontos em 11º lugar. Além disso, tem um jogo a menos diante do Internacional, pela sexta rodada. O duelo foi adiado devido às enchentes do Rio Grande do Sul e ainda não tem nova data definida.

O técnico Roger Machado terá retornos importantes. O volante Jadson, que cumpriu suspensão, e o meia Nenê, poupado, vão retornar. Além disso, a expectativa é de que o zagueiro Zé Marcos, desfalque em dois jogos por um incômodo na coxa, também volte, brigando por vaga com Rodrigo Sam.

Roger Machado se demonstrou satisfeito com a campanha de momento, mas pediu mais efetividade no ataque. "Tem sido um bom campeonato até agora. Penso que poderíamos estar melhor se tivéssemos maior efetividade. Precisamos ajustar essa capacidade de finalização para ter melhor sorte na competição e lutar por algo maior."

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE X VASCO

JUVENTUDE - Gabriel; João Lucas, Danilo Boza, Rodrigo Sam e Alan Ruschel; Caíque, Jadson e Nenê; Lucas Barbosa, Marcelinho e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

VASCO - Léo Jardim; Paulo Henrique, Maicon, Léo e Lucas Piton; Zé Gabriel, Galdames e JP; Rossi, Clayton e Adson. Técnico: Álvaro Pacheco.

ÁRBITRO - Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG).

HORÁRIO - 20h.

LOCAL - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).