Com final maluco e 6 gols, Guarani e Ituano empatam e seguem na zona de rebaixamento da Série B

Em jogo com final 'maluco', Guarani e Ituano empataram por 3 a 3 na noite desta terça-feira, resultado ruim para os dois, que lutam contra o rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. A partida, válida pela 11ª rodada, foi realizada no estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

O Guarani sofreu 2 a 0 com gols de Vinícius Paiva e Yann Rolim, mas buscou o empate com dois gols de Caio Dantas. Levou o terceiro em seguida com Vinícius Paiva e logo depois empatou novamente com Heitor. Os times marcaram quatro gols em menos de 15 minutos na reta final.

O Guarani agora está há sete jogos sem vencer, sendo cinco derrotas e dois empates. Com apenas cinco pontos, se mantém na lanterna (20º). O resultado também não foi bom para o Ituano, 19º com sete pontos. O time está há quatro jogos sem vencer, com três derrotas e um empate.

Mesmo jogando fora de casa, quem começou assustando foi o Ituano. Logo no primeiro minuto, após jogada de escanteio, Claudinho cabeceou e Vladimir fez grande defesa. No rebote, Claudinho completou para o gol, mas estava impedido.

O Guarani respondeu com Rafael Freitas, que disparou pela esquerda, invadiu a área, mas ficou um pouco sem ângulo e chutou em cima de Jefferson Paulino. O Ituano quase abriu o placar com Thonny Anderson, em chute de dentro da área, mas Vladimir se esticou para salvar.

Mas aos 42, o Ituano marcou. Após briga no meio-campo, Thonny Anderson deu lindo passe nas costas da zaga, encontrando Vinícius Paiva, que chutou cruzado. Vladimir ainda desviou, mas não evitou o gol.

No segundo tempo, o Guarani voltou com mudanças e foi para o ataque, mas descuidou da defesa, sofrendo um contra-ataque aos 11 minutos. Vinícius Paiva recebeu no meio e acionou Miquéias na direita. Ele invadiu a área e tocou para o meio, encontrando Yann Rolim, que só teve o trabalho de completar para o gol.

Depois disso, o Guarani teve mais tranquilidade, mas com dificuldades na criação, enquanto o Ituano recuou, esperando novos contra-ataques. Até que aos 29 o atacante Caio Dantas começou a brilhar. Ele recebeu na esquerda e chutou da entrada da área, rasteiro e no cantinho para diminuir. O gol motivou o Guarani, que seguiu pressionando e empatou aos 36. Heitor cruzou da direita e Caio Dantas apareceu novamente para finalizar de primeira no canto.

Os últimos minutos da partida foram eletrizantes. Apenas dois minutos depois do empate, o Guarani se descuidou novamente e levou o terceiro em contra-ataque. Salatiel recebeu na esquerda da área, limpou dois e chutou prensado no marcador. A bola encobriu o goleiro e Vinícius Paiva chegou para completar em cima da linha.

Sem desistir, o Guarani empatou aos 43. Após escanteio na esquerda, a bola chegou na direita e Heitor chutou com força para fazer 3 a 3. Apesar de os times tentarem até o fim pela vitória, o placar terminou mesmo empatado.

Os dois times voltam a campo no sábado para a 12ª rodada. Às 17h, o Guarani visita o CRB no Rei Pelé, em Maceió (AL). Um pouco mais tarde, às 21h, o Ituano recebe o Brusque no Novelli Júnior, em Itu (SP).

FICHA TÉCNICA

GUARANI 3 X 3 ITUANO

GUARANI - Vladimir; Heitor, Léo Santos, Douglas e Vinicius Kauê (Luan Dias); Camacho, Anderson Leite (Kayque), Bruno Oliveira (Yuji) e Reinaldo (Renyer); Caio Dantas e Rafael Freitas (Luccas Paraizo). Técnico: Marcelo Cordeiro (interino).

ITUANO - Jefferson Paulino; Léo Oliveira (Aluísio), Claudinho, Marcel e Vinicius Poz (Vitão); Rodrigo, Miqueias, José Aldo (Gabriel Falcão) e Yann Rollim (Marlon); Tonny Anderson (Salatiel) e Vinícius Paiva. Técnico: Alberto Valentim.

GOLS - Vinícius Paiva, aos 42 minutos do primeiro tempo. Yann Rolim, aos 11, Caio Dantas, aos 29 e 36, Vinícius Paiva, aos 38, e Heitor, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Vinicius Kauê, Camacho, Anderson Leite e Kayque (Guarani). Miquéias e Salatiel (Ituano).

ÁRBITRO - Felipe Fernandes de Lima (MG).

RENDA - R$ 55.390,00.

PÚBLICO - 2.338 pagantes (2.849 presentes).

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

Deixe seu comentário

Só para assinantes