Operário-PR supera a Chapecoense, vence pela 4ª vez seguida e assume o 2º lugar na Série B

O Operário-PR segue surpreendendo na Série B do Campeonato Brasileiro e assumiu a vice-liderança. Após derrotar o Santos - por 1 a 0 - o time de Ponta Grossa engatou a quarta vitória seguida, ao derrotar a Chapecoense por 1 a 0, nesta segunda-feira, na Arena Condá, em Chapecó (SC). O duelo abriu a 11ª rodada.

Com gol de Marco Antônio, o Operário subiu na tabela, empatando com o América-MG, com 21 pontos, mas com saldo de gols inferior: 7 a 3. O time mineiro ainda atua nesta rodada. A Chapecoense estacionou na 12ª colocação, com 14 pontos.

A bola rolou e a chuva começou a cair. Com o gramado pesado, os times pouco conseguiram trabalhar a bola no chão e ficaram reféns de lançamentos longos. Os donos da casa, mais acostumados com a situação, tinham mais ímpeto ofensivo, mas nada que gerasse algum perigo.

O tempo foi passando e o duelo ficou amarrado, sobrando disposição e faltando inspiração. Sem muita emoção, o empate se arrastou até o intervalo.

A segunda etapa seguiu o mesmo roteiro. Apesar da chuva ter dado uma trégua, o duelo ainda não empolgava. A Chapecoense encontrou dificuldades para sair da marcação dos visitantes e já não tinha mais a vantagem da posse de bola. Aos poucos, o Operário foi se soltando na partida e foi efetivo.

Marco Antônio bateu rasteiro da entrada da área e abriu o placar, aos 26 minutos. Com a vantagem, os visitantes voltaram a ficar com a postura defensiva e ainda assustaram nos contra-ataques. Sem conseguir se organizar no ataque, a Chapecoense ficou longe do gol de empate.

Na próxima rodada, a Chapecoense segue como visitante, quando volta a campo no próximo domingo, às 16 horas, diante do Paysandu, na Arena Condá. Enquanto isso, o Operário-PR volta a atuar em casa, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR), no sábado, às 16 horas, contra o Botafogo-SP.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 OPERÁRIO-PR

CHAPECOENSE - Matheus Cavichioli; Marcelinho (Mailton), Bruno Leonardo, Habraão e Mancha (Rubens); Auremir (Régis Tossati), Foguinho (Marlone) e Rafael Carvalheira; Thayllon, Thomás (Rodrigo) e Marcinho. Técnico: Umberto Louzer.

OPERÁRIO-PR - Rafael Santos; Jacy, Joseph, Willian Machado e Pará; Índio (Rodrigo Lindoso), Pedro Lucas (Ronald), Rodrigo Rodrigues (Marco Antônio) e Maxwell (Filipe Claudino); Erick Bessa (Fagner Alemão) e Ronaldo. Técnico: Rafael Guanaes.

GOL - Marco Antônio, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marcelinho (Chapecoense); Willian Machado, Fillipe Claudino, Rodrigo Lindoso e Pará (Operário).

ÁRBITRO - Arthur Gomes Rabelo (ES).

RENDA - R$ 39.940,00.

PÚBLICO - 1.844 torcedores.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Deixe seu comentário

Só para assinantes