Palmeiras busca contra o Vasco adquirir sua melhor forma no Brasileirão

Palmeiras e Vasco duelam nesta quinta-feira, às 21h30, no Allianz Parque no jogo que fecha a oitava rodada do Brasileirão. Enquanto o time alviverde joga para encontrar a sua melhor forma na competição - e na temporada - a equipe carioca entra em campo para atenuar a crise e viver dias mais tranquilos depois do caos instalado com a goleada por 6 a 1 sofrida para o Flamengo.

O Palmeiras tem 11 pontos no Brasileirão. São três vitórias, dois empates e duas derrotas em sete partidas na competição na qual a equipe ainda não conseguiu deslanchar. Contra o Criciúma, na última rodada, ganhou sem jogar bem, o que tem sido comum nesta temporada.

O Vasco tem seis pontos - são duas vitórias e cinco derrotas que indicam que a equipe vai, mais uma vez, brigar para não cair à Série B. O time foi goleado na estreia do novo treinador, o português, Álvaro Pacheco, que teve dez dias para detectar os problemas e ajustar a equipe.

Os bastidores vascaínos continuam agitados em decorrência da briga entre o Vasco associação e a 777 Partners, que controlava a SAF do clube e vive uma crise financeira global. Na última decisão judicial, há quase um mês, o Vasco associativo conseguiu liminar, afastou a 777 e assumiu o controle da SAF do clube.

Sem Endrick, que já se despediu, e na iminência de vender o zagueiro Luan e o jovem meia-atacante Luís Guilherme para Toluca, do México, e West Ham, da Inglaterra, respectivamente, o Palmeiras vê seu elenco enxugar. Há uma reformulação em curso, ainda que seja 'silenciosa' e lenta.

O clube só contratou Felipe Anderson até o momento, mas está perto de fechar acordo com o lateral-direito argentino Agustín Giay, do San Lorenzo. Com o plantel mais curto, Abel Ferreira tem de encontrar soluções caseiras enquanto mais reforços não chegam.

Dudu é uma delas. O meia-atacante está recuperado da mais grave lesão de sua caseira e pode voltar a jogar depois de quase 300 dias. O adversário de seu retorno provável deve ser o mesmo do jogo em que se lesionou. O camisa 7 sofreu uma ruptura do ligamento cruzado anterior (LCA) e lesão no menisco no dia 27 de agosto do ano passado, quando o Palmeiras ganhou do Vasco por 1 a 0 em duelo do Brasileirão.

A expectativa é de que Dudu seja ao menos relacionado para a partida desta quinta-feira. O atacante de 32 anos concluiu todas as etapas de sua recuperação e está à disposição. Sua escalação dependerá de Abel Ferreira. No último sábado, ele atuou em jogo-treino e fez um dos gols. O atleta já havia participado de outros dois jogos-treino, contra São Bento e São Caetano.

"Ele estava ansioso, são mais de oito meses parado, mas, como a torcida grita, ele é um guerreiro", afirmou o lateral-direito Mayke, um dos mais próximos do atacante. "Fiquei feliz por ele ter voltado bem e por ter feito um golzinho para aumentar a confiança".

Já o lateral Caio Paulista, que pouco tem jogado, valorizou o período sem jogos, graças à Data Fifa, que os atletas usaram para descanso e treinos. "É muito bom porque dá tempo de recuperar o mental. A gente consegue realizar todos os processos e evoluir em aspectos como força e potência. No coletivo também, dá para agregar um pouco mais na parte técnica".

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X VASCO

PALMEIRAS - Weverton; Mayke, Murilo, Naves e Piquerez; Moreno, Zé Rafael, Raphael Veiga, Rômulo e Estêvão; Rony. Técnico. Abel Ferreira.

VASCO - Léo Jardim; Maicon, Paulo Henrique e Léo; Puma Rodrigues, Sforza, Galdames, Hugo Moura e Lucas Piton; Rayan e Vegetti. Técnico: Álvaro Pacheco.

HORÁRIO - 21h30.

ÁRBITRO - Ramon Abatti Abel (Fifa/SC).

LOCAL - Allianz Parque, em São Paulo.