Lateral da Ponte Preta puxa responsabilidade para o elenco na Série B: 'Vamos reagir'

O lateral-esquerdo Gabriel Risso minimizou a troca recente de treinador na Ponte Preta e puxou a responsabilidade para o elenco visando reação na Série B do Campeonato Brasileiro.

"Agora temos um novo técnico, com um estilo diferente, mas a diferença também está em nós. É fácil criticar o treinador quando ele perde, mas precisamos ter autocrítica e ser realistas porque isso também é da nossa participação", disse o defensor.

Nelsinho Baptista, novo técnico da Ponte Preta, já comandou o time em dois jogos, com uma vitória diante do CRB, por 4 a 2, e uma derrota para o América-MG, por 2 a 0.

Para Risso, o time precisa emplacar uma sequência de duas ou três vitórias para respirar. A última e única vez que a Ponte Preta venceu duas seguidas nesta temporada foi em fevereiro, quando superou Botafogo, por 3 a 0, e São Paulo, por 2 a 0, pelo Paulistão.

"O caminho é continuar trabalhando e treinando. Tenho certeza que vamos reagir e subir na tabela. Precisamos ganhar dois ou três jogos sempre que possível para ficar na parte de cima. Ganhar e depois perder vai nos impedir de subir na tabela. Vamos ter fé na equipe que vamos chegar lá na frente", afirmou.

Com a derrota para o América-MG, a Ponte Preta segue com nove pontos e aparece em 14º lugar. O jogo diante do Novorizontino, que colocará Nelsinho Baptista frente a frente com seu filho Eduardo Baptista, técnico adversário, será realizado no sábado, às 17h, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).