Lutador ataca árbitro após sofrer nocaute no boxe sem luvas; confira

Uma cena um tanto quanto inusitada aconteceu na 62ª edição do Bare Knuckle FC, maior companhia de boxe sem luvas. No evento realizado na última sexta-feira (21), na Flórida (EUA), Keith Richardson foi nocauteado em pé por Alberto Blas e, atordoado pelos socos recebidos, atacou o árbitro no ringue (veja abaixo ou clique aqui).

Acompanhando de perto a ação, o árbitro interrompeu a luta ao julgar que Richardson, alvejado pelos socos de Blas, não tinha mais condição de seguir nela. Instintivamente, o lutador, como reflexo natural, passou a enxergar o profissional como adversário e foi para cima do mesmo desferindo socos.

Percebendo que o atleta estava 'fora de si', o árbitro recuou e conseguiu manter certa distância do mesmo. O episódio só foi encerrado quando a equipe de segurança e membros das equipes dos lutadores subiram ao ringue e controlaram Richardson.

Duro revés

No BKFC 62, Richardson não só perdeu a luta de forma traumática, como também a invencibilidade no esporte e o cinturão do peso-galo da companhia. O americano migrou do MMA para a modalidade em 2023, construindo um cartel composto por quatro vitórias e uma derrota, ocorrida justamente em sua mais recente aparição no ringue.

Scary scene at BKFC 62. Keith Richardson gets TKO'd and instinctively tries to fight the referee. #BKFC62 pic.twitter.com/634dghzAFK

- FULL SEND MMA (@full_send_mma) June 22, 2024

Deixe seu comentário

Só para assinantes