Renan Problema 'pressiona' Francis Ngannou por acerto de luta na PFL

Desde o anúncio da contratação de Francis Ngannou pela PFL, em maio do ano passado, o brasileiro Renan Problema deixou claro que seu foco é medir forças com o ex-detentor do cinturão peso-pesado do UFC. Após vencer Ryan Bader em fevereiro no supercard que colocou frente a frente os campeões da Professional Fighters League e do Bellator, o gigante de 2.03m de altura carimbou seu passaporte para a disputa contra o camaronês e agora aguarda pela oficialização do combate.

Apesar de Ngannou ainda não ter uma data definida para estrear na PFL e voltar ao MMA depois de testar suas habilidades no boxe contra Tyson Fury e Anthony Joshua, dois dos maiores astros da nobre arte, Renan se mantém tranquilo e paciente. Em conversa com a imprensa nos bastidores do 4º evento da temporada 2024 da Professional Fighters League, que acontece nesta sexta-feira (21), o goiano revelou que já chegou a um acordo com a organização quanto aos detalhes contratuais e espera apenas o 'ok' do camaronês.

"Eu estou pronto para essa luta desde que a (luta com) Bader acabou. Eu sentei com a PFL, nós olhamos o meu contrato, passamos dessa conversa. Então, neste momento, nós estamos esperando a (palavra) final sobre a data e aí lá vamos nós", contou Renan.

Brasileiro vive grande fase

A provável superluta contra Francis Ngannou deve coroar a grande fase vivida por Renan Problema. No ano passado, o gigante brasileiro conquistou o título do GP peso-pesado da PFL - ponto mais alto de sua carreira até o momento. Neste ano, o triunfo por nocaute sobre o experiente Ryan Bader, ex-atleta do UFC e campeão do Bellator, mostrou que o goiano é um dos melhores da categoria na atualidade, o credenciando para um duelo contra o camaronês.

Deixe seu comentário

Só para assinantes