Esquiva Falcão opina sobre luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen: "Não foi de verdade"

A luta de despedida de Anderson Silva em solo brasileiro gerou bastante expectativa nos fãs dos esportes de combate. E talvez por isso, uma parcela dos torcedores que acompanhou o duelo entre 'Spider' e Chael Sonnen neste sábado (15), no Spaten Fight Night, pode ter, de certa forma, se decepcionado com o nível de competitividade apresentado no ringue. Essa parece ser a mesma impressão de Esquiva Falcão que, apesar de ter entrado em ação no mesmo card, não titubeou ao dar seu parecer sobre o confronto dos veteranos.

Durante conversa com a imprensa após a luta, o medalhista de prata olímpico em Londres 2012 lamentou o fato do combate não ter sido "de verdade". Apesar da lástima, o pugilista brasileiro exaltou o legado de Anderson Silva no esporte e agradeceu a oportunidade de competir em, segundo o próprio, em uma "noite histórica".

"Estou feliz em ter participado da despedida de um grande ídolo da luta, o Anderson Silva. Infelizmente, não foi uma luta de verdade. Foi uma exibição. Mas acho que o povo mereceu. Quem assistiu à luta, gostou. Eu gostei, assisti. Então estou feliz de participar dessa noite histórica. Com medalhistas olímpicos se enfrentando, a Bia vencendo, o filho do Anderson Silva e o próprio Anderson Silva finalizando a noite", opinou Falcão.

Derrota para Hebert

A luta de Esquiva foi a segunda mais importante em ordem de relevância no evento. Dentro do ringue, o boxeador travou um duelo de alto nível contra o campeão olímpico Hebert Conceição. Após o fim dos dez rounds programados, Falcão acabou superado pelo medalhista de ouro em Tóquio 2020 na decisão unânime dos jurados.

Deixe seu comentário

Só para assinantes