Astro do Boston Celtics revela que treinador usa lutas do UFC para motivar time a vencer a NBA

Uma importante relação entre dois esportes diferentes foi revelada nesta semana. Astro do Boston Celtics, um dos times mais tradicionais de basquete do mundo, Jayson Tatum afirmou que o treinador da equipe, Joe Mazzulla, utiliza filmagens de lutas de MMA para motivar os jogadores durante as finais da NBA, disputada contra a franquia do Dallas Mavericks. Praticante de artes marciais e fã do UFC - principal organização da modalidade -, o comandante do Celtics usa os vídeos para reforçar o foco nos momentos decisivos do jogo.

Durante coletiva de imprensa pós-jogo número 3 das finais, em que o Boston Celtics saiu vencedor, Tatum revelou que Mazzulla normalmente exibe filmagens de lutadores que estão prestes a vencer e, mesmo que não propositalmente, 'relaxam' e acabam permitindo uma virada do oponente - cenário que o treinador quer evitar nas finais da NBA, lideradas por sua equipe. Principal jogador da franquia, o camisa 0 de Boston exaltou a importância dos aprendizados oriundos da mistura de esportes.

"Joe faz um grande trabalho nos mostrando vídeos e coisas de outros esportes. Ele é um grande fã do UFC e tem mostrado para nós lutas em que as pessoas - não sei os termos do UFC -, mas pessoas sendo estranguladas e coisas do tipo. Tipo, eles estão prestes a vencer e você vê o cara ou a mulher que está vencendo relaxando porque eles sentem que estão perto de ganhar, mas aí eles dão vida à outra pessoa. Tentando traduzir para o basquete: quando mais perto se chega da vitória, mais perto eles chegam de sobreviver. Ele está basicamente tentando nos lembrar que ainda temos um longo caminho, temos que jogar da forma certa, ainda temos que vencer e eles não vão desistir. Devemos esperar sempre o melhor deles", revelou Tatum.

Treinador cita Poatan como exemplo de foco

Curiosamente, Mazzulla citou um exemplo positivo recente de Alex Poatan na coletiva de imprensa antes do jogo 3 das finais. Na ocasião, no UFC 300, o campeão meio-pesado (93 kg) brasileiro foi atingido com um 'golpe baixo', mas se manteve focado no confronto e nocauteou Jamahal Hill logo em seguida. Na visão do comandante do Boston Celtics, é este tipo de mentalidade que seus jogadores devem levar para a quadra em busca do título.

"Há muitas lutas (lutas que mostro aos jogadores), normalmente todas as lutas. Acho que no (UFC) 302, o cara leva uma pancada no saco, reclama com o árbitro, se distrai e aí é finalizado no round seguinte, então ele perdeu o foco. Quando você vê o (Alex) Pereira ser atingido no saco, e olhando para o árbitro e depois nocauteando (Hill) cinco segundos depois. Então é sobre a forma com que você lida com o que acontece com você. Quanto mais perto que você está de vencer alguém, mais perto você está de levar uma surra", exemplificou o treinador do Boston.

Análise condiz com momento das finais da NBA

Além de tentar motivar seus jogadores através de outra modalidade, a análise de Mazzulla faz total sentido com o panorama atual das finais da NBA. Afinal de contas, o Boston Celtics abriu 3 a 0 contra o Dallas Maverick e precisa apenas de mais um triunfo para sacramentar o título na atual temporada. Receoso, o treinador quer foco total do seu plantel, para não sofrer uma eventual virada. Caso confirme o título, a franquia de Boston deixaria o Los Angeles Lakers para trás e se isolaria como o time mais vencedor da história da NBA - com possíveis 18 'canecos'.

Tatum on Mazzulla using other sports to teach:

Continua após a publicidade

"Joe does a great job of showing us clips and things from different sports... I don't know the terminology of UFC, but put 'em in a choke hold and shit, they're a bit tap out and you see guy or the woman that's winning relaxing." pic.twitter.com/xswFcQo844

- Justin Turpin (@JustinmTurpin) June 13, 2024

Joe Mazzulla has been regularly showing the players UFC fights:

"The closer you are to beating someone, the close you are to getting your ass kicked."

Pretty funny segment from Joe for his last question before Game 3 pic.twitter.com/X9UUrqQ7bc

- Noa Dalzell ? (@NoaDalzellNBA) June 12, 2024

Deixe seu comentário

Só para assinantes