Anderson Silva aconselha filho antes de luta de boxe: "Não se preocupe com comparação"

Aos 49 anos, Anderson Silva fará sua luta de despedida em solo brasileiro. Neste sábado (15), o ex-campeão do UFC enfrenta Chael Sonnen em um duelo de boxe na cidade de São Paulo, em um combate que ficará marcado na carreira do atleta. E não apenas pelo adeus competitivo ao público nacional, mas principalmente pelo fato de competir no mesmo card que seu filho Kalyl.

Algumas lutas antes da sua, Kalyl, de 25 anos, fará sua terceira luta no boxe profissional. Inevitavelmente, comparações aos estilos de ambos e possíveis aspirações sobre a carreira do jovem se tornarão parte de sua rotina. Por isso, Anderson, próximo de pendurar as luvas, o aconselha.

"Estou muito feliz de poder dividir esse espaço com o Kalyl. Falo para ele e para o Gabriel também: não se preocupem com comparações. Não existe comparação, você é você e eu sou eu. Tem que seguir o seu caminho. Faça com amor e o resto acontecerá naturalmente", narrou o veterano durante uma rápida conversa com os jornalistas logo após o final do media day realizado para promover sua trilogia com Chael Sonnen.

Bem-humorado, Anderson entregou uma rosa para o americano após a encarada, uma vez que o evento estava sendo realizado no Dia dos Namorados. Momentos mais tarde, porém, ao ser questionado sobre o desejo de Vitor Belfort em enfrentá-lo novamente, o veterano foi enfático e subiu o tom ao refutar a chance de cruzar caminhos com o carioca.

"A história com o Vitor já acabou. Ele já tomou o dele e acabou. Não tem mais o que ele falar, acabou. Vitor, você já tomou o teu. Não adianta ficar falando. Vai correr atrás do Popó. O que seria melhor do que aquela bica que eu dei no Vitor?", decretou.

Histórico de rivalidade

Em 2010, 'The Spider' colocou o cinturão do peso-médio do UFC em jogo e, depois de ser provocado pelo 'bad boy', sofreu no octógono. Sonnen prometeu castigar o rival e o puniu com seu wrestling e ground and pound. Quando tudo parecia perdido, já que estava em clara desvantagem na pontuação dos juízes laterais, Anderson aproveitou um descuido do desafeto no solo e o finalizou com um triângulo, no quinto e último round.

Na revanche, realizada em 2012, o brasileiro, ainda como campeão do peso-médio do UFC, voltou a vencer Chael, desta vez sem tanto drama. Anderson nocauteou o rival no segundo round. Agora, o terceiro capítulo da rivalidade entre 'The Spider' e o americano vai acontecer no boxe, no Brasil, com transmissão da 'TV Globo'.

O combate entre Anderson e Sonnen serve como luta principal do 'Spaten Fight Night', que terá transmissão ao vivo da TV Globo. O card também conta com o duelo de medalhistas olímpicos: Hebert Conceição e Esquiva Falcão. Kalyl Silva, filho de Spider, e Bia Mesquita, fenômeno do jiu-jitsu, são outros grandes nomes que entrarão em ação no evento.

Deixe seu comentário

Só para assinantes