PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brandon Moreno coloca em dúvida lesão de Deiveson e sugere 'fuga' de luta

Ag. Fight

17/05/2022 12h13

A rivalidade entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno parece não ter fim. Depois do brasileiro revelar uma lesão na mão e afastar a chance de lutar pela quarta vez com o mexicano pelo cinturão do peso-mosca (57 kg) do UFC, o rival do 'Deus da Guerra' não perdeu tempo em colocar em dúvida a veracidade do fato - e adicionar mais um capítulo na rixa entre eles.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', o ex-campeão do Ultimate sugeriu que Deiveson inventou um discurso com desculpas para evitar um novo confronto com ele. O mexicano, inclusive, relembrou o episódio em que foi acusado de racismo pelo campeão dos pesos-moscas (57 kg), e apontou para para este cenário como uma espécie de fuga da rivalidade entre eles.

"Qualquer um pode tirar suas próprias conclusões, mas o que eu acho é que ele está dando desculpas desde o início. Ele até tentou dizer que sou racista e eu sinto que não funcionou, então ele não teve escolha a não ser dizer que está lesionado e que não pode lutar", disse o mexicano, que tem uma vitória, um empate e uma derrota contra Deiveson.

Para corroborar sua tese que o brasileiro esteja mentindo, Moreno revelou que o Ultimate trabalhou com a possibilidade dele encarar 'Daico' neste mês, mas que mudou de ideia após a pedida salarial do campeão. Vale destacar que, em declaração exclusiva à Ag. Fight, Deiveson condicionou uma quarta luta com o mexicano à bolsa milionária.

"Ele estava pronto para lutar comigo no último pay-per-view em maio (UFC 274), mas ele pediu muito dinheiro e o UFC negou. Foi aí que começaram as desculpas. Se o cara estiver realmente lesionado, que tenha uma rápida recuperação e tudo de bom para ele. Mas se não for, acho que muitas pessoas estão pensando a mesma coisa. Então não sei, acho muito covarde da parte dele", finalizou o número um do ranking dos moscas.

Esporte