PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cejudo relata experiência de treinar Jon Jones e destaca sua importância: "Ele é o time"

Ag. Fight

18/01/2022 08h00

Aos poucos, Jon Jones recoloca sua carreira no eixo e Henry Cejudo possui papel preponderante na retomada do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC. Após Mike Winkeljohn, renomado treinador, proibir a presença de 'Bones' na 'Jackson Wink MMA Academy', em Albuquerque (EUA), por conta do episódio de violência doméstica protagonizado pelo lutador, em setembro de 2021, este resolveu cortar laços, passou a procurar uma nova equipe para treinar e encontrou a 'Fight Ready', localizada no Arizona. Inclusive, 'Triple C' informou que não pensou duas vezes em ajudar a lenda do esporte.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', Cejudo revelou que Jones não demorou a se ambientar na 'Fight Ready' e que o mesmo já se tornou peça vital da academia. Confiante de que 'Bones' terá sucesso em sua trajetória no peso-pesado do UFC, o ex-campeão do peso-mosca (57 kg) e do peso-galo (61 kg) da companhia destacou que a metodologia de treino que o atleta encontrou no novo time lhe deu a motivação que faltava em sua carreira. De acordo com 'Triple C', as atuações pouco inspiradoras que o antigo rei dos meio-pesados da organização apresentou no octógono em suas últimas aparições não têm a ver com a falta de competitividade na categoria e sim, porque não tinha mais nada a aprender na equipe anterior.

"Pensamos fora da caixa, então é diferente para nós. Não fazemos parte de uma equipe. Vi que vocês perguntaram para onde Jones deveria ir, que ele deveria estar na 'ATT', blá blá blá. O que você faz com um cara como Jones é construir uma equipe em torno dele. Ele é o time. Ele não precisa ser empurrado. Ele precisa ser ajustado. Ele já passou pelo inferno, pela turbulência. É mais ou menos isso que fazemos com os atletas aqui", declarou o ex-campeão do UFC, antes de completar.

"Uma vez que alguém vem aqui e vê o que planejamos, é diferente porque tudo é baseado em sua capacidade. Você sabe o que um bom treinador faz fundamentalmente? Um bom treinador apenas te ajusta e mantém seus padrões. Ele ajusta fundamentalmente, mas entende seus dons. Se um treinador está ensinando a mesma combinação, a mesma coisa para todos os lutadores, então é tudo sobre o treinador. Não deve ser assim. Deve ser tudo sobre os atletas", concluiu.

Jon Jones, de 34 anos, é ex-campeão dos meio-pesados do UFC e é apontado por parte dos fãs como o melhor lutador da história do MMA. Após dominar a categoria, 'Bones' decidiu se aventurar e passou a integrar o peso-pesado, já que revelou que sempre sonhou em alcançar o lugar mais alto da divisão. A curiosidade é que o americano estreou no esporte em 2008 e foi contratado pela organização na mesma temporada.

Em sua carreira no MMA, Jon Jones disputou 28 lutas, venceu 26, perdeu uma e a outra terminou em 'no contest' (sem resultado). Seus triunfos de maior importância foram sobre Alexander Gustafsson (duas vezes), Anthony Smith, Chael Sonnen, Daniel Cormier, Dominick Reyes, Glover Teixeira, Lyoto Machida, Maurício Shogun, Ovince Saint Preux, Quinton 'Rampage' Jackson, Rashad Evans, Ryan Bader, Stephan Bonnar, Thiago 'Marreta' e Vitor Belfort.

Esporte