PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cejudo surpreende e aponta veterano como lutador ideal para vencer Petr Yan no UFC

Ag. Fight

05/12/2021 08h00

O campeão do peso-galo (61 kg) do UFC é Aljamain Sterling, porém, mesmo com tal status, o americano não é o lutador a ser temido na categoria. De acordo com parte da comunidade do MMA, o atleta mais perigoso da divisão é Petr Yan, ex-número um dela e atual detentor do cinturão interino. Contudo, apesar da fama do russo, Henry Cejudo destacou que este não é invencível e citou um profissional que pode complicá-lo no octógono.

Em entrevista ao canal do 'YouTube' 'The Schmo', o ex-campeão do peso-mosca (57 kg) e do peso-galo do UFC surpreendeu ao mencionar Dominick Cruz como o atleta ideal para vencer Yan na organização. É bem verdade que o russo já foi derrotado na companhia, porém o resultado gerou certa revolta em parte da comunidade do MMA. Em março, o lutador conheceu seu primeiro e único revés na empresa contra Sterling e ele aconteceu por desqualificação, porque acertou uma joelhada ilegal no rival no quarto round.

Mesmo sem o título, parte dos fãs e dos demais lutadores ainda classifica o russo como verdadeiro campeão do peso-galo do UFC. Como Yan não foi superado de forma clara pelos adversários, Cejudo apontou que Cruz possui qualidade suficiente para superá-lo em um hipotético duelo. De acordo com 'Triple C', a experiência, o Q.I. de luta e, principalmente, o wrestling do antigo rei da divisão podem lhe dar vantagem contra o detentor do cinturão interino da categoria.

"Acho que Cruz tem a melhor chance de derrotar Yan. Por causa de seu jogo à distância e pelo fato de lutar wrestling. Nenhum desses caras luta wrestling. Nenhum desses caras realmente forçou Yan a lutar wrestling e a maneira como Cruz mistura isso, não estou dizendo que ele poderia vencer Yan, mas estou dizendo que ele tem a melhor chance de derrotar Petr 'a batata feia' Yan. Se isso faz algum sentido. Isso é realmente um bom elogio para Cruz", analisou o ex-campeão.

Dominick Cruz, de 36 anos, estreou no esporte em 2005, disputou 26 lutas, venceu 23 e perdeu três vezes. Apesar do impressionante registro, o veterano ficou afastado durante boa parte de sua carreira por conta das constantes lesões. Mesmo assim, o ex-campeão do peso-galo do UFC é apontado por parte da comunidade do MMA como o melhor lutador da história da categoria. Atualmente, 'The Dominator' se encontra em décimo lugar no ranking da divisão e possui vitórias marcantes sobre Brian Bowles, Casey Kenney, Demetrious Johnson, Ian McCall, Joseph Benavidez (duas vezes), TJ Dillashaw e Urijah Faber (duas vezes).

Petr Yan, de 28 anos, protagonizou uma ascensão meteórica no UFC. O russo estreou na organização em 2018, venceu as sete primeiras lutas que disputou e conquistou o lugar mais alto do peso-galo dois anos depois. Na ocasião, o atleta nocauteou José Aldo, no quinto round, em duelo realizado em Abu Dhabi (EAU). Contudo, na sequência, Yan colocou tudo a perder ao aplicar um golpe ilegal em Aljamain Sterling, seu único revés na empresa. Agora, o russo está de volta ao caminho vitorioso e próximo de enfrentar o desafeto pela segunda vez no octógono. Seu cartel é composto por 16 triunfos, com destaque para os nomes de Cory Sandhagen, Jimmie Rivera, John Dodson, José Aldo, Magomed Magomedov e Urijah Faber, e duas derrotas.

Esporte