PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jan Blachowicz analisa derrota para Glover e projeta duelo com Aleksandar Rakic

Ag. Fight

01/12/2021 11h46

No dia 30 de outubro, Jan Blachowicz viu seu reinado no meio-pesado (93 kg) do Ultimate chegar ao fim. O polonês foi finalizado por Glover Teixeira, na luta principal do UFC 267, no segundo round de disputa. Mais de um mês após essa apresentação, o europeu abriu o coração sobre o combate.

Em entrevista ao programa 'The MMA Hour', o lutador lamentou sua última performance, mas adiantou que não vai se abater com o revés sofrido diante de Glover. Blachowicz descartou não ter atuado bem por conta de alguma lesão e afirmou que vai usar o episódio como um aprendizado para dar a volta por cima no UFC novamente.

"Tudo deu errado. Eu não deveria ter lutado naquela noite, mas o que posso fazer? Apenas posso voltar a treinar, à academia, treinar mais pesado e tentar recuperar aquele cinturão. Não vou ficar triste. Não penso na luta porque não quero desperdiçar minha vida com algo assim. Não vou me esconder debaixo da cama e chorar", disse, emendando.

"Não estava lesionado. Aquele foi apenas um dia ruim. Acho que perderia para pessoa naquela noite. Eu não consigo me explicar. Não foi minha noite. É isso. Eu acho que é isso. Às vezes preciso de algo assim. Acho que preciso perder a luta, preciso dar um passo para trás para fazer dois para frente", completou.

Já de olho no futuro na categoria, Blachowicz não estipulou uma data para retornar ao octógono mais famoso do mundo, porém citou um atleta que está em seu radar.

"Não vou enfrentar Anthony Smith. Não escolho adversário, mas talvez seja ele (Aleksandar Rakic). É uma luta boa. Ele é forte, um atleta de verdade. Todos os atletas do UFC, no top 10, top 5, são lutadores incríveis e é uma honra para mim enfrentá-los. Rakic é bom para meu próximo passo. Vamos ver", concluiu.

Esporte