PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Glover cita história para exaltar fase e promete melhor versão no UFC 267

Glover Teixeira vai lutar novamente pelo título do UFC  - William Lucas/inovafoto
Glover Teixeira vai lutar novamente pelo título do UFC Imagem: William Lucas/inovafoto

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

28/10/2021 06h00

Após mais de sete anos, Glover Teixeira vai ter mais uma oportunidade de chegar ao topo dos meio-pesados (93 kg) do Ultimate. O brasileiro, que atravessou um período instável depois de ser derrotado por Jon Jones, em combate pelo título, em 2014, se reencontrou na organização e vive uma sequência invicta de cinco combates. Por isso, neste sábado (30), o mineiro natural de Sobrália vai encarar Jan Blachowicz, atual campeão da categoria, na luta principal do UFC 267, que será realizado em Abu Dhabi (EAU).

Caso Glover conquiste o cinturão do Ultimate, a história do brasileiro pode ser marcada pela volta por cima. Ao contrário de muitos atletas, o brasileiro reencontrou seu auge com a idade e pode ser o segundo lutador mais velho a ter um título do UFC. Com 42 anos, o meio-pesado só ficaria atrás de Randy Couture, com 45, neste quesito na liga.

O próprio Glover tem consciência do feito que pode realizar. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, o brasileiro recordou toda sua trajetória na modalidade e no Ultimate para ter essa segunda oportunidade de ser o melhor do mundo. Por isso, o mineiro adiantou que não pretende desperdiçar essa chance novamente.

"Eu sou um cara que representa o Brasil, passei por muitas dificuldades na minha carreira, tomei muita pancada, mas continuei caminhado para frente com brutalidade, força, garra, esperança e é isso que vou fazer. Todo mundo conhece meu estilo de lutar e, com agressividade, vou buscar essa vitória", afirmou o lutador, antes de concordar com a declaração do seu rival, que afirmou que espera a melhor versão do brasileiro nesta luta.

"Com certeza (estou melhor). Mentalmente, experiência e fisicamente melhor preparado. Claro que tenho que ver o negócio da idade, mas, sinceramente, se você olhar as minhas últimas lutas e observar o gás, a força, está tudo em dia. Estou me sentindo muito bem. Então ele (Blachowicz) está certo (de esperar a minha melhor versão). Eu me dediquei totalmente para essa luta e vou buscar essa vitória com tudo", completou.

Embalado pela sua série positiva no UFC, Glover adiantou o que o público pode esperar da sua atuação contra Blachowicz. Conhecido por ser um exímio atleta de luta agarrada, o brasileiro destacou a confiança na sua especialidade e alertou o campeão.

"Eu luto bem em pé, tenho poder de nocaute, mas com certeza vou tentar colocar para baixo. Se tiver a oportunidade eu vou colocar para baixo. Estou muito focado no meu jiu-jitsu e o considero um dos melhores do mundo para o MMA. Estou muito focado nesse caminho, mas se abrir brecha, vou nocautear", explicou o competidor.

Glover Teixeira compete no MMA profissional desde 2002 e acumula 32 vitórias e sete derrotas em sua carreira na modalidade. Atualmente, o lutador atravessa um grande momento no Ultimate, com cinco vitórias seguidas. A última delas aconteceu em novembro de 2020, quando finalizou Thiago 'Marreta' no segundo round.

MMA