PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Khabib defende 'title shot' para Makhachev e crava: "É um top 10 peso-por-peso"

Ag. Fight

Ag. Fight

27/10/2021 13h27

Depois de atuar durante anos como uma espécie fiel escudeiro de Khabib Nurmagomedov, Islam Makhachev finalmente está com o caminho livre para brilhar por conta própria, desde a aposentadoria do russo, em outubro de 2020. E na visão do ex-campeão peso-leve (70 kg) do UFC, seu companheiro de equipe não só já está pronto para disputar o cinturão da liga, como já pode ser considerado um dos dez melhores atletas do plantel do Ultimate, independentemente da categoria.

Em participação no programa 'DC & RC', da 'ESPN' americana, Khabib rasgou elogios a Makhachev - a quem considera como seu sucessor - e defendeu que, em caso de nova vitória do colega de treinos no próximo sábado (30), o Ultimate deveria presenteá-lo com um 'title shot' na sequência. A data em questão marca o próximo desafio do lutador russo no octógono, onde medirá forças com o neozelandês Dan Hooker, pelo card principal do UFC 267, em Abu Dhabi (EAU).

"Na minha opinião, essa luta tem que ser de candidatura para ele (Makhachev), não para seu oponente. Porque depois dessa luta ele vai ter uma sequência de nove vitórias no UFC. Quem tem uma sequência assim? Só o campeão. Só Charles Oliveira tem uma sequência de vitórias melhor que Islam. Se Islam finalizar esse cara (Hooker) facilmente no início da luta, Islam tem que lutar pelo título. É a minha opinião", declarou Khabib, antes de completar.

"Islam é o cara. Ele é um dos melhores do mundo. Eu acredito que ele seja um top 10 peso-por-peso neste momento. Mas Islam é quieto. Ele não fala muito. Mas eu e Daniel Cormier sempre tentamos pressioná-lo. E depois dessa luta, nós temos que desafiar o campeão. No começo do ano que vem, ele tem que lutar pelo título contra o vencedor de Dustin Poirier e Charles Oliveira", concluiu o ex-campeão, citando a disputa entre 'Do Bronx' e Poirier, com o cinturão peso-leve em jogo, que acontece no dia 11 de dezembro, no UFC 269.

Caso saia do duelo contra Dan Hooker com o braço levantado, Islam Makhachev chegará à nona vitória consecutiva e empatará com o atual campeão dos leves, o brasileiro Charles 'Do Bronx', como dono da maior sequência positiva ativa na categoria. De fato, a última derrota do russo - e única na carreira - veio contra Adriano Martins, em 2015, na sua segunda apresentação pelo UFC. Desde então, o companheiro de equipe de Khabib Nurmagomedov tem se destacado como uma das principais forças da divisão até 70 kg e já ocupa a quinta posição no ranking.

Esporte