PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dana descarta Ferguson como rival de Nate Diaz em sua última luta no contrato

Ag. Fight

Ag. Fight

25/10/2021 12h52

O futuro de Nate Diaz no UFC é incerto. O 'bad boy' possui apenas mais uma luta em seu contrato com a maior organização de MMA do mundo e já flerta com um possível duelo de boxe contra Jake Paul. Sendo assim, opções de adversário não faltam para o americano. No entanto, Dana White, líder da empresa, já tratou de eliminar um nome.

Na coletiva de imprensa pós-UFC Vegas 41, evento realizado no último sábado (23) e que contou com a presença da reportagem da Ag, Fight, o cartola tirou Tony Ferguson do páreo para encarar Diaz. As estrelas da companhia discutiram de forma pública no passado e mostraram interesse em um possível duelo, mas, ao que parece, o hipotético encontro no octógono não agradou Dana.

Contudo, o promotor deu a entender que o mistério em relação ao próximo adversário do irmão mais novo de Nick Diaz deve ser solucionado em breve. Sem 'El Cucuy', com Conor McGregor lesionado e Jorge Masvidal se preparando para encarar Leon Edwards, Vicente Luque segue vivo na disputa e pode ter seu desejo de lutar com Nate atendido. A única certeza é que Dana assegurou que o futuro do 'bad boy' está sendo trabalhado.

"Diaz tem mais uma luta no contrato. Estamos trabalhando em uma luta para ele. Ferguson não é um dos caras que estamos tentando, mas estamos trabalhando em uma luta para Nate agora. Ele ainda tem uma luta restando", declarou o cartola.

Nate Diaz, de 36 anos, é um dos lutadores de maior popularidade no MMA atual, mas vive má fase. O atleta perdeu três das últimas quatro lutas que disputou, sendo a mais recente realizada em junho, contra Leon Edwards. Ao menos, o americano voltou a ficar ativo no UFC, já que não atuava desde 2019. Seus principais triunfos no esporte foram diante de Anthony Pettis, Conor McGregor, Donald Cerrone, Gray Maynard, Jim Miller, Melvin Guillard, Michael Johnson e Takanori Gomi.

Tony Ferguson, de 37 anos, é um atleta condecorado no peso-leve (70 kg) do UFC, mas vive momento delicado no MMA. No passado, o ex-campeão interino da categoria venceu 12 lutas seguidas e se tornou uma ameaça para Khabib Nurmagomedov, porém o aguardado embate entre os rivais caiu cinco vezes e nunca aconteceu. Após a terceira derrota seguida, 'El Cucuy' passou a ocupar o sétimo lugar no ranking da divisão. Suas vitórias marcantes foram sobre Anthony Pettis, Donald Cerrone, Edson Barboza, Gleison 'Tibau', Josh Thomson, Kevin Lee e Rafael dos Anjos.

Esporte