PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fedor Emelianenko brilha no primeiro show do Bellator na Rússia com nocaute brutal

Ag. Fight

Ag. Fight

24/10/2021 09h47

O último sábado (23) foi especial para Fedor Emelianenko. No Bellator, 269, evento realizado em Moscou e primeiro da organização na Rússia, a lenda do MMA enfrentou Tim Johnson, não tomou conhecimento do mesmo e fez a alegria do público presente na VTB Arena. Em menos de dois minutos de luta, 'The Last Emperor' deu conta do americano e o nocauteou brutalmente (veja abaixo ou clique aqui).

Fedor ignorou a desvantagem física e, novamente, mostrou que, apesar da idade avançada (45 anos) para praticar esportes de combate, segue poderoso e técnico. Mesmo sendo mais velho e menor do que Johnson, o russo não se intimidou e, experiente, se aproveitou de um descuido do adversário, quando este parou em sua frente. 'The Last Emperor' abalou o oponente com um ganchinho e definiu o duelo ao aplicar dois cruzados poderosos. O veterano ainda esbanjou 'fairplay', já que não atacou o americano, caído no cage.

"É um grande evento para nós (se referindo aos fãs presentes na arena). Já faz um tempo desde a última vez que lutei na Rússia. Graças a Deus, todos conseguiram vencer esta noite. Temos dois campeões e vamos preparar outro", declarou a lenda do MMA após atuar no Bellator 269.

Vale destacar que Fedor Emelianenko, de 45 anos, ainda possui mais uma luta em seu contrato com o Bellator. Empolgado pela vitória por nocaute em seu país, o russo, a princípio, descartou se aposentar. 'The Last Emperor' é um dos grandes nomes da história do MMA e é apontado por parte dos fãs como o melhor lutador de todos os tempos.

Fedor iniciou sua trajetória no MMA em 2000, marcou época no PRIDE FC como campeão do peso-pesado e, pela organização, venceu nomes como Gary Goodridge, Kevin Randleman, Mark Coleman (duas vezes), Mark Hunt, Mirko 'Cro Cop' e Rodrigo 'Minotauro' (duas vezes). Atualmente, 'The Last Emperor' integra o plantel do Bellator e, pela companhia, possui vitórias por nocaute sobre Chael Sonnen, Frank Mir e Quinton 'Rampage' Jackson, todos ex-UFC. O cartel profissional do russo é composto por 47 lutas, 40 triunfos e seis derrotas.

Let's see that in slow-mo! ??

Fedor Emelianenko remains undefeated at home.??#Bellator269 pic.twitter.com/vOaZOSuMCS

- BellatorMMA (@BellatorMMA) October 23, 2021

Esporte