PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Masvidal analisa luta contra Edwards no UFC 269 e promete eliminar o rival

Ag. Fight

Ag. Fight

19/10/2021 11h05

Finalmente, Jorge Masvidal e Leon Edwards vão lutar. Após um longo período de negociação, os desafetos vão medir forças no UFC 269, evento que acontece no dia 11 dezembro, ainda sem local definido, e o duelo é de extrema importância não só para colocar um ponto final na rivalidade, como também para o topo dos meio-médios (77 kg). Como era de se esperar, o veterano, ao analisar o combate, expressou todo seu desprezo pelo companheiro de profissão.

Ao participar do programa 'The MMA Hour', Masvidal ressaltou que o tão aguardado acerto de contas com Edwards vai acontecer apenas por sua causa, já que deu o sinal positivo para o embate, enquanto o rival fez o que pôde para evitá-lo. Inclusive, recentemente, o veterano reclamou do UFC pela demora para encontrar um adversário, mas, dias depois, o combate com o desafeto saiu do papel. Sendo assim, o americano não pensou duas vezes, comparou 'Rocky' com uma marionete, já que obedeceu ao seu comando, e o chamou de covarde.

Vale lembrar que, nas redes sociais, o britânico desafiava 'Gamebred', mas logo mudava de ideia e indicava que o mesmo não merecia enfrentá-lo. Sobre a luta, válida pelo UFC 269, Masvidal foi curto e grosso em sua leitura. O americano adiantou que sua estratégia será a mesma de sempre, ou seja, como é um striker agressivo e de alto nível, reforçou que seu objetivo é tomar a iniciativa do combate e eliminar Edwards de uma vez por todas no octógono para se aproximar de disputar o título dos meio-médios pela terceira vez.

"Eu sei que ele está recebendo seu maior pagamento de todos os tempos e é por minha causa. E o tempo todo, desde o começo, com ele me desafiando, sempre disse que lutaria contra ele, mas quando eu quisesse. O tempo todo ele estava dizendo que não iria lutar comigo, então decidi lutar com ele agora. E adivinhe? Quem está lutando comigo agora? Ele faz o que eu digo, quando eu digo. Estamos lutando novamente quando eu digo", declarou o 'bad boy', antes de completar.

"Vou tentar fazer tudo para acabar com essa pessoa. Edwards vai fazer de tudo para fazer o que sempre fez, que é colocar seus tênis de corrida, transformar a luta em uma corrida e vai correr para salvar sua vida. Não me importo com a quantidade de rancor ou com o que ele diga, porque o cara é um covarde. Ele vai dar socos e correr. Vou avançar no octógono e, eventualmente, vou dar os golpes que preciso para acertar nele, cansá-lo, e eliminá-lo. Mas não espere muito dele em uma luta real. Ele vai bater e correr", concluiu.

A história envolvendo Jorge Masvidal e Leon Edwards é antiga e não é nada agradável para o segundo. Quando o UFC visitou Londres (ING), em 2019, o americano nocauteou Darren Till na luta principal e o atleta da casa levou a melhor sobre Gunnar Nelson por decisão dividida no 'co-main event', mas o pior aconteceu nos bastidores. Na ocasião, 'Gamebred' interrompeu sua entrevista ao escutar o 'trash talk' de 'Rocky' e o atacou com uma sequência de socos. Após o polêmico episódio, o clima entre os lutadores é hostil.

Esporte