PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Johnny Eduardo rechaça aposentadoria após saída do UFC e projeta ser mais ativo

Ag. Fight

Ag. Fight

19/10/2021 06h00

A trajetória de Johnny Eduardo no Ultimate chegou ao fim. Depois de cerca de dez anos se apresentando na organização, o brasileiro foi cortado do plantel da companhia após o revés para Alejandro Perez, no último dia 2 de outubro, em combate no UFC Vegas 38. Mas a notícia de ter sido dispensado não pegou o lutador de surpresa.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, o atleta da equipe 'Nova União' condicionou a sua demissão ao fato de vir de três derrotas seguidas e ter ficado mais de três anos sem atuar, por problemas físicos. Além disso, Johnny adiantou que não pretende se aposentar e vai procurar uma nova 'casa' para seguir sua carreira.

"Já esperava isso (a demissão), pois já estava vindo de duas derrotas e chegou a terceira. Infelizmente no UFC você fala pelos seus resultados que mostra e não o que você fez pela sua carreira. Foi muito o resultado que apresentei lá que fez que eles me cortassem. Mas eles não me cortaram, eles me deram uma oportunidade de migrar para outro lugar. Agora é sentar com meu empresário e ver os próximos passos a se fazer", disse.

Um dos pontos positivos que Eduardo destacou de ter saído do Ultimate foi a questão de se manter mais ativo durante um ano. Em dez anos de franquia, o brasileiro só fez oito combates, fato que adiantou que pretende mudar no seu próximo emprego.

"O UFC seria válido se tivesse uma entrada melhor, pudesse ir e voltar mais vezes, com maior número de lutas. Mesmo que você assine um contrato de três, quatro lutas, você está sujeito a voltar quando eles querem. Ficar esperando esse momento todo não é válido. Costumo ver amigos que estão em outras organizações que eles têm uma entrada e saída mais rápida. Fazem três, quatro lutas, independente de resultados, mas estão indo lá e conseguem apresentar um trabalho melhor. Mas sou feliz de ter passado pela organização, deu um 'boom' no meu nome, minha carreira decolou", completou.

No MMA profissional desde 1996, Johnny Eduardo realizou 40 lutas nas artes marciais mistas, venceu 28 e perdeu 13. O brasileiro fez sua estreia no UFC em 2011 e disputou oito compromissos pela organização, com três triunfos e cinco reveses.

Esporte