PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Mike Tyson abre as portas para encarar os irmãos Paul por bolsa milionária

Mike Tyson entra no ringue para luta contra Roy Jones Jr em Los Angeles - Joe Scarnici/Getty Images for Triller
Mike Tyson entra no ringue para luta contra Roy Jones Jr em Los Angeles Imagem: Joe Scarnici/Getty Images for Triller

Ag. Fight

Ag. Fight

04/10/2021 11h16

Depois de fazer seu retorno ao boxe em novembro do ano passado, em combate diante de Roy Jones Jr., Mike Tyson afirmou que não pretende ficar muito tempo longe dos ringues e, inclusive, citou alguns rivais históricos no boxe com quem gostaria de duelar. No entanto, pela primeira vez, o ex-campeão mundial da nobre arte abriu as portas para encarar os irmãos Paul.

O "nascimento" de Jake Paul no boxe foi inclusive no mesmo evento da volta de Tyson ao boxe, quando o youtuber vencer o ex-atleta da NBA Nate Robinson. Desde então, o astro da internet tem movimentado o mundo as lutas, com vitórias sobre ex-lutadores do UFC, e desafiado grandes nomes das artes marciais, por gerar grande visibilidade e bolsas polpudas.

Já Logan Paul não atingiu o mesmo sucesso esportivo do irmão, mas em junho deste ano chegou a enfrentar Floyd Mayweather, um dos grandes nomes da história do boxe. Por isso, em declaração ao podcast "Hotboxin 'with Mike Tyson", "Iron Mike" revelou que estaria apto para encarar qualquer um dos irmãos Paul e até citou a quantia milionária que estaria em jogo neste possível confronto.

"Essa é a luta pelo dinheiro. Essas são as lutas que fazem o dinheiro, aqueles caras têm milhões de pessoas os assistindo. Sim (eu lutaria contra eles). Eles lutariam (lutariam contra mim). Isso daria muito dinheiro. Por cem milhões de dólares (cerca de R$ 541 milhões) eles fazem qualquer coisa. Eles não se importam em serem espancados por cem milhões de dólares", disse.

Aposentado do boxe profissional desde 2005, Tyson retornou aos ringues no último mês de novembro, ao fazer um duelo de lendas contra Roy Jones Jr, em luta de exibição que terminou empatada. O americano acumula cartel com 50 vitórias, sendo 44 por nocaute, e seis derrotas na sua carreira na modalidade.

MMA