PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Belfort acusa De La Hoya de mentir para fugir de luta: 'Está com medo'

Vitor Belfort (à direita) posa ao lado de Evander Holyfield em pesagem antes da luta entre os dois - Eric Espada/Getty Images/AFP
Vitor Belfort (à direita) posa ao lado de Evander Holyfield em pesagem antes da luta entre os dois Imagem: Eric Espada/Getty Images/AFP

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

28/09/2021 06h00

No último dia 11 de setembro, Vitor Belfort fez sua estreia no boxe internacional e nocauteou Evander Holyfield, em show realizado na Flórida (EUA). Entretanto, o adversário original do brasileiro era Oscar De La Hoya, que contraiu covid-19 e não ficou apto para se apresentar. Após a vitória, "Fenômeno" não esqueceu seu rival inicial e reforçou o interesse em tirar esse duelo do papel, ideia não compartilhada pelo americano, que revelou seu foco em encarar Floyd Mayweather.

Atento ao discurso de De La Hoya, Belfort não perdeu a oportunidade de provocar o oponente. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, o Belfort colocou em xeque o fato do americano ter contraído coronavírus e o acusou de fugir do combate. Vale destacar que, no último fim de semana, Dana White, presidente do UFC, também seguiu o mesmo discurso do seu ex-atleta em ataque ao "Golden Boy".

"Deu para ver que ele não estava nada com coronavírus, ele estava era com medo. Agora ele está com mais medo, mas não tem para onde fugir porque vai ficar feio para ele. Muita gente comprou ingresso, passagem. Ele fez algo que foi um desrespeito com os fãs dele, os meus e os das lutas. Eu nunca fiz isso. Fingir que está machucado para evitar a luta. Ele fez isso na última semana da luta", disparou o ex-campeão do Ultimate.

O desejo de Belfort vai de encontro ao de Ryan Kavanaugh, CEO da Triller. Recentemente, o dirigente revelou a ideia de remarcar o embate entre o brasileiro e De La Hoya para novembro. Com o apoio do cartola da entidade que realizou seu último compromisso na nobre arte, o "Fenômeno" mandou um alerta em tom de ultimato ao rival.

"Ganhei do maior lutador da história do peso-pesado, um cara que destruiu o Mike Tyson duas vezes. Não fui lutar com um lutador mixuruca. Tive que ganhar peso em pouco tempo. Ele ainda disse que me nocautearia em 30 segundos, o pior foi isso, né?! Essa calúnia. Brincadeira isso! Assina o contrato!", completou o carioca de 44 anos.

Vitor Belfort é um grande nome dos esportes de combate e sempre se destacou pelo seu boxe de alto nível, com nocautes impressionantes. O "Fenômeno" iniciou sua trajetória no MMA em 1996 e realizou sua última luta em 2018. Pelo UFC, o brasileiro conquistou o torneio do peso-pesado e também foi campeão dos meio-pesados (93 kg).

MMA