PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lawler nega interesse em luta com Masvidal após revanche contra Nick Diaz no UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

17/09/2021 12h36

O veterano Robbie Lawler possui um compromisso importante pela frente. No UFC 266, evento que acontece em setembro, em Las Vegas (EUA), o ex-campeão dos meio-médios (77 kg) da companhia vai enfrentar Nick Diaz, em duelo que promete mexer com parte dos fãs. Ao mesmo tempo que se mostrou empolgado com o combate, 'Ruthless' também projetou seu futuro na organização, mas tratou de descartar um possível oponente.

Em entrevista ao site 'MMA Mania', Lawler negou qualquer interesse em lutar contra Jorge Masvidal na sequência dos eventos. Tal posicionamento do atleta deve entristecer os fãs, que deixarão de assistir a uma verdadeira batalha entre dois strikers perigosos e de alto nível.

De acordo com Lawler, é difícil duelar com profissionais com quem possui boa relação, mesmo com algo grande em jogo. Vale lembrar que o antigo campeão dos meio-médios do UFC e o ex-desafiante ao título da categoria foram parceiros de treino na 'American Top Team'. Curiosamente, apesar da amizade, 'Gamebred' apontou que Diaz é favorito contra 'Ruthless', porém tal posicionamento não abalou o profissional.

"Não (sobre lutar com Masvidal). Treinei com Masvidal e passei muito tempo com ele na 'American Top Team'. Isso não me empolga. Tudo depende. Se houver algo que talvez eu tenha e que alguém deseja, talvez eu lute. Se for apenas lutar por lutar, há muitos caras por aí que eu posso enfrentar e que não conheço", explicou o ex-campeão do UFC.

Robbie Lawler, de 38 anos, é um dos lutadores mais empolgantes da história do MMA. Entretanto, apesar de sua popularidade entre os fãs, o ex-campeão do UFC vive má fase. 'Ruthless' perdeu quatro lutas seguidas e até saiu do top-15 dos meio-médios da organização. Na modalidade, o veterano conquistou 28 vitórias, sendo 20 por nocaute, perdeu 14 vezes e seus triunfos de maior destaque foram sobre Carlos Condit, Donald Cerrone, Frank Trigg, Jake Ellenberger, Johny Hendricks, Josh Koscheck, Matt Brown e Rory MacDonald (duas vezes).

Esporte