PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dana White revela planos para realizar Adesanya vs Whittaker em janeiro de 2022

Ag. Fight

Ag. Fight

17/09/2021 10h48

Por conta de restrições devido à pandemia de COVID-19, principalmente na Oceania, a tão esperada revanche entre Israel Adesanya e Robert Whittaker, dois atletas que moram nesta região o planeta, não vai acontecer em 2021. No entanto, ao que tudo indica, os dois devem medir forças novamente pelo cinturão do peso-médio (84 kg) logo no começo de 2022. Pelo menos foi o que adiantou Dana White, presidente do UFC.

Em entrevista ao 'The Daily Telegraph', o mandatário da organização adiantou que a liga já trabalha para confirmar o confronto para janeiro do ano que vem. Além disso, o cartola lamentou não poder realizar essa revanche na Oceania, como aconteceu o primeiro combate entre os dois. Em outubro de 2019, Adesanya nocauteou Whittaker e unificou os cinturões da categoria, em evento que aconteceu na Austrália.

"Essa é uma luta que queremos fazer, então estamos trabalhando nisso. Eu vou fazer isso. Estamos trabalhando para que ela aconteça em janeiro. Com tudo que está acontecendo agora, quando você pensa nessa luta, ela deveria ser feita lá (na Austrália ou na Nova Zelândia). Mas isso não vai acontecer", explicou White.

Robert Whittaker e Israel Adesanya se enfrentaram pela primeira vez em outubro de 2019, quando o primeiro ainda reinava soberano na divisão dos pesos-médios do UFC. O confronto foi disputado na Austrália, casa do então campeão, e teve como resultado final a vitória do nigeriano, que desde então, já defendeu o cinturão de forma bem-sucedida em três oportunidades, mantendo sua invencibilidade na categoria.

No UFC desde 2018, Israel Adesanya venceu todos os compromissos no peso-médio, sendo derrotado em sua única experiência nos meio-pesados (93 kg), na disputa pelo título da divisão, contra Jan Blachowicz. A última aparição do nigeriano no octógono aconteceu em junho deste ano, quando derrotou Marvin Vettori, por pontos.

Após ser nocauteado por Israel Adesanya, Robert Whittaker engatou novamente uma sequência de vitórias que o credenciaram para tentar recuperar o título que já foi seu. O australiano atuou três vezes e se recuperou ao vencer Darren Till, Jared Cannonier e Kelvin Gastelum, esta última em abril deste ano, por decisão dos jurados.

Esporte