PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-campeã do peso-mosca, Nicco Montaño é demitida do Ultimate

Ag. Fight

Ag. Fight

04/08/2021 11h33

Primeira campeã da história do peso-mosca (57 kg) do UFC, Nicco Montaño foi demitida pela organização. Depois de falhar novamente em uma pesagem, dessa vez a do UFC Vegas 33, a franquia decidiu cortar a lutadora do seu plantel na última terça-feira (3). A informação foi anunciada inicialmente pelo site americano 'MMA Fighting' e confirmada posteriormente pela própria atleta através das suas redes sociais.

A americana conquistou o cinturão do UFC ao derrotar Roxanne Modafferi na final do The Ultimate Fighter 27, realizado em 2017. No entanto, logo na sua primeira defesa de cinturão, Montaño teve seu título retirado após ser hospitalizada em um processo de corte de peso e viu a coroa ir para Valentina Shevchenko, atual campeã.

Depois deste episódio, Montaño subiu de categoria e começou a se apresentar no peso-galo. Na sua primeira atuação, foi superada por Julianna Peña, em 2019. Mesmo na divisão de cima, a americana seguiu lidando com problemas no corte de peso e teve diversas lutas canceladas contra Macy Chiasson, Julia Avila (três vezes), Karol Rosa e Yanan Wu. em sequência e não conseguiu voltar a se apresentar pelo UFC.

Assim que a notícia da demissão de Montaño se tornou pública, Dana White, presidente do UFC, comentou, em entrevista ao canal de Youtube 'UFC Arábia', a decisão da organização e lamentou o fato da competidora não conseguir lutar.

"Eu acho que não importa em que divisão você a coloque, ela parece ter dificuldade em perder peso. Este pode não ser o esporte para ela", afirmou o mandatário da liga.

Esporte