PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Dana White torce para que Belfort "nocauteie violentamente" De La Hoya

Vítor Belfort vai começar a lutar boxe - Ethan Miller/Getty Images
Vítor Belfort vai começar a lutar boxe Imagem: Ethan Miller/Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

04/08/2021 11h18

Escalado para enfrentar a lenda do boxe Oscar De La Hoya na luta principal do evento da 'Triller Fight Club', no próximo dia 11 de setembro, em Los Angeles (EUA), Vitor Belfort ganhou um reforço de peso em sua torcida. Fã da nobre arte e desafeto do veterano pugilista norte-americano, Dana White - presidente do UFC - declarou seu apoio ao brasileiro.

Em entrevista ao 'The Pat McAfee Show', o dirigente máximo do UFC afirmou torcer por uma vitória por nocaute do lutador carioca, em que pese a diferença de experiência entre Belfort e De La Hoya nos ringues de boxe. Apesar de reconhecer o talento do 'Golden Boy' - considerado por grande parte da comunidade das lutas como um dos maiores boxeadores de todos os tempos -, Dana aproveitou para cutucar o desafeto por seus conhecidos problemas com o abuso de álcool e drogas.

"Eu estou rezando para que Vitor nocauteie esse drogado - e violentamente. O nocauteie violentamente", afirmou Dana White, antes de continuar.

"Por mais que eu não suporte aquele monte de lixo, De La Hoya é legítimo. Antigamente, quando eu e De La Hoya estávamos bem, eu estava no seu camp. Apenas o jab dele podia nocautear as pessoas. De La Hoya no seu auge era o cara. Essa é uma luta de verdade entre dois caras de verdade. Eu acho que Vitor, obviamente, tem o poder para nocauteá-lo, mas De La Hoya não é brincadeira também. Espero que toda a cocaína cheirada e tequila bebida, e qualquer outra m*** que esse cara tenha usado, o tenha apanhado. E que Vitor acerte um (soco) bem na boca grande dele e o derrube inconsciente", concluiu.

Ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC, Vitor Belfort possui um cartel de 26 vitórias, 14 derrotas e um 'no contest' (sem resultado) no MMA profissional. Já no boxe, o carioca possui apenas um combate disputado, em 2006, no qual saiu vencedor contra Josemario Neves. O confronto contra Oscar De La Hoya - multicampeão mundial - será disputado sob as regras do boxe profissional.

MMA