PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atleta do UFC é bloqueado no Instagram após transfobia com Pabllo Vittar

Darren Till comemora vitória sobre Wendell Oliveira - William Lucas/Inovafoto
Darren Till comemora vitória sobre Wendell Oliveira Imagem: William Lucas/Inovafoto

Ag. Fight

Ag. Fight

30/07/2021 23h22

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg) do UFC, Darren Till se envolveu em polêmica com um ícone pop brasileiro nos últimos dias. Depois de postar um meme com conteúdo transfóbico, o atleta teve sua conta no Instagram bloqueada.

A polêmica imagem identifica a drag queen Pabllo Vittar como transgênero e ironiza uma suposta falsa gravidez da cantora. Rapidamente, o conteúdo do post foi denunciado na rede social e, de acordo com o jornal Liverpool Echo, se tornou um caso policial.

Por sua vez, Till celebrou o engajamento com a postagem (que gerou mais de 100 mil likes), e postou um vídeo para explicar sua postura na internet. Horas mais tarde, a conta do lutador foi bloqueada, fato que não o impediu de insistir na polêmica e utilizar o Twitter para repostar a imagem.

"Como todos sabem, sempre posto coisas muito controversas. Eu nunca vou mudar, nunca, nunca, nunca. Outro dia eu postei esse meme transgênero, achei engraçado e sabia que haveria uma reação. Na verdade, tenho amigos transgêneros, e eles acharam hilário. Você não pode cancelar alguém que não dá a mínima - e eu não dou a mínima", explicou.

Good morning to the @LivEchonews pic.twitter.com/rZtk7wdFro

- D (@darrentill2) July 30, 2021

Esporte