PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tibau ironiza polêmica com MacDonald e sugere revanche: "Vou buscar o nocaute"

Ag. Fight

Ag. Fight

23/06/2021 17h21

A segunda apresentação de Gleison 'Tibau' no PFL foi marcada por uma grande vitória. No entanto, ela também veio acompanhada de polêmica. No último dia 17, o brasileiro superou Rory MacDonald por decisão dividida dos jurados, o que causou a ira do canadense. Dessa maneira, a reportagem da Ag. Fight entrou em contato com o potiguar para ter a sua visão sobre o duelo.

O resultado positivo de Tibau encerrou o jejum de vitórias que o acompanhava há praticamente dois anos. Na sua estreia na nova organização, em abril deste ano, o atleta havia sido derrotado por João Zeferino. De acordo com o ex-UFC, ele conseguiu mostrar seu jogo contra MacDonald e aliou o bom desempenho à sequência de lutas.

"A primeira luta que fiz no PFL não consegui o resultado que a gente queria. Me senti fora de ritmo, mas agora essa luta com o Macdonald, me senti mais em ritmo, mais confortável, solto e imprimi meu jogo. Foi uma luta dura, disputada, mas encaixei mais golpes, fui mais agressivo e mais contundente nos golpes também. Com certeza minha próxima vai ser melhor, tenho plena certeza", revelou o competidor de 37 anos.

No entanto, Tibau nem teve tempo para comemorar sua primeira vitória no PFL e teve que lidar com as reclamações de MacDonald, que disparou contra os árbitros e afirmou que foi roubado. Ciente das acusações do adversário, o brasileiro ironizou a sua postura, se mostrando aberto a uma revanche diante do canadense e não deixou de provocar.

"(Risos) Ele queria ter ganho essa luta por decisão unânime? Ele tem que sentar e rever essa luta. Se eu fosse ele, nem se preocupava com esse resultado e olhava para frente. Pelo menos ele está nos playoffs. Agora é fazer melhor na próxima luta dele. Ganhar por uma vantagem alta para não ter risco. Se ele acha que não foi justo, não deixe margem", afirmou o atleta da equipe American Top Team, antes de completar.

"Tenho certeza que vão fazer essa revanche no próximo ano. Vão estender o contrato comigo e com ele. Se fosse uma luta de cinco rounds, ele não ia aguentar a pressão. Eu senti o desespero dele para acabar a luta e agora já sei o caminho. Próxima vez vou buscar o nocaute. Vai acontecer isso e vou calar a boca de todos que estão falando que não ganhei. Vou ganhar de uma forma mais sólida e provar para todo mundo", concluiu.

No MMA profissional desde 1999, Gleison 'Tibau' é um veterano de sucesso nas artes marciais mistas. O brasileiro se destacou no esporte por sua passagem pelo peso-leve (70 kg) do UFC, organização na qual disputou 28 lutas no período de 2006 até 2018. Os triunfos de maior destaque do potiguar na modalidade foram diante de Francisco 'Massaranduba', Jeremy Stephens, Rafael dos Anjos e Rory MacDonald.

Esporte