PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vicente Luque alcança o top 5 dos meio-médios do UFC após derrota de Masvidal

Ag. Fight

Ag. Fight

11/05/2021 17h03

A atual fase de Vicente Luque no UFC é tão boa, que o lutador nem precisa atuar com frequência para ganhar posições no ranking dos meio-médios (77 kg). Depois que finalizou Tyron Woodley na edição de número 260, realizada em março, em Las Vegas (EUA), o atleta se aproximou do top 5 da categoria. Nesta terça-feira (11), a organização atualizou sua tabela de classificação e Vicente passou a ocupar o quinto lugar na divisão

Vale destacar que essa é a melhor posição de Vicente no ranking dos meio-médios desde sua chegada ao UFC, em 2015. Com a ascensão do atleta ao top 5 da categoria, Jorge Masvidal acabou prejudicado. Nocauteado por Kamaru Usman na revanche válida pela edição de número 261, realizada em abril, na Flórida (EUA), o veterano perdeu duas colocações e passou a ocupar o sétimo lugar.

Na mesma divisão, Neil Magny, que superou Geoff Neal no UFC Vegas 26, atração realizada no último sábado (8), em Las Vegas (EUA), trocou de posição com Demian Maia, ou seja, saiu de nono e passou para oitavo na tabela de classificação. Derrotado no mesmo evento por Gregor Gillespie, Carlos Diego Ferreira se encontra em perigo no top-15 do peso-leve (70 kg). O brasileiro perdeu suas posições no ranking e virou 14º colocado. Por outro lado, o americano subiu dois degraus e alcançou o 12º lugar.

Também pelo peso-leve, Islam Makhachev subiu uma posição e virou integrante do top-10 da categoria. Já Drew Dober voltou ao ranking na 15ª colocação. No peso-galo (61 kg), o veterano Raphael Assunção continua perdendo espaço. Constantemente no top-5 da divisão, agora, o brasileiro está fora do top-10 e se encontra em 11º lugar. Em contrapartida, Merab Dvalishvili, que venceu seis lutas seguidas, fecha a lista dos dez melhores atletas.

O peso-médio (84 kg) e o peso-pesado também sofreram leves alterações. Após sofrer uma grave lesão em abril, o ex-campeão Chris Weidman, misteriosamente, ganhou uma posição e alcançou o 11º lugar no ranking da categoria, enquanto Sean Strikckland desceu um posto. Já Ciryl Gane continua sua ascensão rumo ao topo da divisão mais pesada do UFC. Agora, o francês é o terceiro colocado na tabela de classificação. Com isso, Curtis Blaydes ficou para trás, em quarto.

Esporte