PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dana indica retorno de Cerrone ao peso-leve em luta de 'vida ou morte' no UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

11/05/2021 10h44

Após uma década de serviços prestados ao UFC, Donald 'Cowboy' Cerrone pode estar com os dias contados na principal organização de MMA do mundo. Sem vencer há seis lutas, o veterano, de 38 anos, terá uma última oportunidade para mostrar que ainda pode competir em alto nível, apesar da idade avançada e do histórico recente. Quem garante é o próprio Dana White, presidente do Ultimate.

Em entrevista à rede de TV canadense 'TSN', o dirigente revelou que aceitará o pedido do veterano e concederá mais uma luta antes de cortá-lo do plantel. O próximo combate de Cerrone, ainda sem rival, deve ser disputado no peso-leve (70 kg), categoria na qual o lutador teve seus melhores resultados na companhia, e terá caráter de 'vida ou morte' para a continuidade do americano no UFC.

"Cowboy novamente deu um passo a frente. Diego (Sanchez) caiu da luta, ele (Cowboy) dá um passo a frente e aceita um substituto de última hora, co-luta principal. O que ele quer fazer - ele aceitou a luta com Diego porque ambos disseram que queriam lutar até 77 kg - ele quer descer para 70 (kg) e pegar outra luta, e eu vou deixá-lo fazer isso", declarou Dana, antes de ser questionado se esta será a última oportunidade de Cerrone em caso de nova derrota: "Sim".

No UFC desde 2011, Donald Cerrone se notabilizou por ser um dos lutadores mais ativos do plantel na última década. A característica, aliada ao carisma e talento do veterano, fez com que ele se tornasse um dos atletas mais populares da organização. Além disso, o 'Cowboy' é atualmente detentor de vários recordes históricos no Ultimate.

Esporte