PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Daniel Cormier revela que quase agrediu youtuber e o desafia para luta

O Youtuber Jake Paul é o lutador Daniel Cormier discutindo no UFC 261 - Jasen Vinlove-USA TODAY Sports ORG XMIT
O Youtuber Jake Paul é o lutador Daniel Cormier discutindo no UFC 261 Imagem: Jasen Vinlove-USA TODAY Sports ORG XMIT

Ag. Fight

Ag. Fight

27/04/2021 11h46

Ao longo de sua trajetória no MMA, Daniel Cormier protagonizou disputas marcantes com Jon Jones e Stipe Miocic, mas, atualmente aposentado, o ex-campeão do Ultimate passou a discutir com Jake Paul. A animosidade por parte do veterano é tanta, que os desafetos quase brigaram quando se encontraram no UFC 261, evento realizado no último sábado (24), na Flórida (EUA).

Em entrevista à 'ESPN' americana, Cormier explicou que Jake Paul estava zombando dele pelas costas e que, ao tomar conhecimento de seus gestos, resolveu interpela-lo. Inclusive, o momento que 'DC' vai ao encontro do youtuber foi registrado e ambos tiveram que ser contidos pelos seguranças. De acordo com o ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) e do peso-pesado, sua vontade era agredir o desafeto. Como não pode agir dessa forma, o atual comentarista desafiou o astro da internet para atuar no MMA e prometeu expulsá-lo dos esportes de combate. Vale lembrar que a rivalidade se iniciou após Jake Paul nocautear o ex-UFC Ben Askren, no boxe.

"Esse cara foi desrespeitoso e falou de uma maneira que não falaria na minha cara. Não posso lidar com isso. Eu estava sentado à mesa e alguém avisou que Jake Paul estava presente. Quando olho para trás, ele estava fazendo caretas e acenando para mim. Esse cara está sendo tão ridículo, que eu precisava falar. Eu disse que não vou jogar, para não mexer comigo, para manter meu nome fora de sua boca. Não sou criança para brincar assim. Os seguranças chegaram e ele quis ser durão. Não vou brigar e discutir publicamente", declarou 'DC', antes de completar.

"Eu queria agarrar Jake Paul pelo rosto, mas teria problemas no UFC. Ele disse para assinar o contrato, mas que contrato? Você pode agir assim com certas pessoas, mas não com todos. Não quero lutar com Jake Paul, mas não vou deixar que me desrespeite. Por que eu iria lutar boxe? Ganhei dinheiro como campeão dos pesados. Esse garoto quer lutar? Vou lutar com ele, mas no MMA, até desço para os meio-pesados. Estou com 42 anos, com problemas nas costas, mas vou torturá-lo e machucá-lo. Vou ensinar a essas crianças a não perseguirem atletas. Meu nome não será usado como um trampolim", concluiu.

Apesar de encerrar a carreira com duas derrotas seguidas, Daniel Cormier é apontado por parte da imprensa especializada como um dos maiores lutadores da história do MMA. O veterano foi campeão dos meio-pesados e do peso-pesado do UFC, nunca reprovou nos exames antidoping e se tornou um dos embaixadores do esporte. Os triunfos mais importantes de 'DC' na modalidade foram diante de Anderson Silva, Anthony Johnson (duas vezes), Alexander Gustafsson, Dan Henderson, Frank Mir, Josh Barnett e Stipe Miocic.

MMA