PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Zhang revela admiração por Namajunas e mira ser amiga da americana após luta

Ag. Fight

Ag. Fight

12/04/2021 09h42

No próximo dia 24 de abril, Zhang Weli vai colocar seu cinturão do peso-palha (52 kg) do Ultimate em jogo pela segunda vez. A chinesa encara Rose Namajunas, no UFC 261, que acontece na Flórida (EUA). Mas ao contrário de muitos atletas, que cultivam uma intensa rivalidade com seus adversários, a asiática tem uma visão diferente.

Em entrevista ao site 'South China Morning Post', a campeã da categoria destacou uma admiração por Namajunas e adiantou que pretende fortalecer uma amizade com a americana após elas se enfrentarem.

"A partir de uma troca de golpes, a amizade cresce. Espero que depois dessa luta possamos nos tornar amigas", afirmou a atual campeã da categoria, antes de dar mais detalhes desse seu pensamento.

"É porque Rose é uma lutadora humilde e muito grande. Ela venceu Joanna (Jedrzejczyk) duas vezes e venceu (Jessica) Andrade. Ela é uma competidora com habilidades muito boas e sempre tive esperança de poder lutar com ela. Sinto uma conexão com aqueles que lutam nas artes marciais e construímos amizades por meio delas. Aprendemos uns com os outros e trocamos nossas opiniões quando lutamos juntos", completou.

Zhang Weili protagonizou uma ascensão meteórica no UFC. A chinesa estreou pela companhia em 2018 e, um ano depois, se tornou campeã do peso-palha. Em agosto de 2019, 'Magnum' precisou de apenas 42 segundos para nocautear Jéssica Andrade em duelo que lhe de o título. Em sua última apresentação, e, março de 2020, Zhang superou Joanna Jedrzejczyk e defendeu o cinturão da categoria pela primeira vez. A batalha entre as atletas foi eleita por Dana White e por parte dos fãs do esporte como a melhor luta da história do MMA feminino.

Por outro lado, Rose Namajunas se recuperou da perda do cinturão do peso-palha do UFC. A americana se vingou de Jéssica Andrade ao vencer o duelo na decisão dividida dos juízes, na 'Ilha da Luta', em julho. 'Thug' se tornou campeã da categoria, em 2017, quando nocauteou Joanna Jedrzejczyk no primeiro round. Na sequência, Namajunas defendeu o cinturão na revanche contra a polonesa em um confronto de alto nível.

Esporte