PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Markus 'Maluko' revela que recebeu 'calote' de Jake Paul após treino

Markus Maluco comemora UFC Fortaleza - Leandro Bernardez/Ag. Fight
Markus Maluco comemora UFC Fortaleza Imagem: Leandro Bernardez/Ag. Fight

Rodrigo Tannuri, em Niterói (RJ)

Ag. Fight

06/04/2021 14h50

Ainda sem 'nova casa' após ser desligado do UFC, em fevereiro deste ano, Markus 'Maluko' não ficou muito tempo longe dos treinamentos. Depois de passar férias no Brasil, o lutador foi chamado para ajudar na preparação de Jake Paul, youtuber que ganhou fama no fim de 2020 e que no próximo dia 17 de abril vai encarar Ben Askren, ex-lutador do Utimate, em uma luta de boxe. Mas o que era para ser um simples treino, virou uma 'guerra' pessoal.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, 'Maluko' recordou os treinos com Jake Paul e criticou a forma como o americano e sua equipe agiram com ele tanto dentro e fora do ringue. O brasileiro ironizou o youtuber e ainda revelou que recebeu um 'calote', recebendo apenas parte do pagamento que foi acordado pelo sparring.

"Jake Paul, você é uma vadia, é uma comédia. Me chamaram para fazer sparring de boxe com um youtuber. Nem sabia quem era. Não acompanho e não sou vidrado nisso. Meus treinadores falaram para dar uma acelerada nele e eu tinha acabado de vir da minha última luta. Então estava sem treinar, sem gás, gordinho. Perguntei quanto eles iam me pagar e falaram 300 dólares (cerca de R$ 1680). Aí eu topei, nem estava ligando para o dinheiro e soube que ele ia lutar boxe com o (Ben) Askren. Quando chego na casa do cara vou ser educado, cumprimentar todo mundo, vou ajudar o cara. O cara é youtuber, mas pode querer entrar no mundo da luta, se esforçar", ressaltou, antes de dar detalhes da sessão do treino.

"Quando cheguei, ficaram me olhando, estendi a mão e ele fez o soquinho para me cumprimentar. Olhei para o Pantoja e falei: 'É esse cara que eu vim para ajudar?'. Ele respondeu que sim e eu falei: 'Vamos ver então'. Ele veio acelerar e já dei um 'jabzão' na cara dele no fim do primeiro round. Nariz dele começou a sangrar, caiu sangue em mim. Aí começamos a brigar, de tirar onda mesmo. Eu chamava ele para me bater e ele ficava com medo, saindo, girando, rodando. Ele sabe bater, sabe jogar cruzado, mas tem medo. É aventureiro. O Pantoja começou a gostar e falava para eu arrancar a cabeça dele. Arrebentei ele, tirei onda. O resumo do sparring é a foto que coloquei no Instagram, da cara de bunda dele. E o importante. Não me pagaram o valor que tinham combinado. Me deram metade do dinheiro. Mas também vou ficar do lado dele. Não vai querer pagar 300 dólares para alguém chutar a bunda e tirar a onda com sua cara", completou.

Com a experiência de já ter dividido um ringue com Paul, embora fosse em apenas em um treino, 'Maluko' tem mais gabarito para analisar o confronto do youtuber com Ben Askren. Questionado sobre qual seria seu palpite para o duelo, o ex-UFC não teve dúvidas em apontar quem deve vencer - e ainda provocou novamente o desafeto.

"Esse moleque não é lutador. Sabe como você vê isso? Na encarada. Quando o Ben Askren bate nele, se é um lutador o que o cara vai fazer? Vai dar um soco, vai sair brigando. Enfiou a mão na cara acabou o respeito. Eu daria um soco na cabeça e um chute. Até o Askren falou: 'É sério isso?'. Luta é luta, um golpe pode entrar, mas vou de Askren, porque é experiente, já lutou com luva de MMA, com vários caras duros na carreira. Askren vai abafar e vai nocautear na linha de cintura, foi onde eu bati e ele sentiu, ou vai nocautear no segundo ou terceiro round", explicou o lutador.

Markus 'Maluko' iniciou sua caminhada no MMA em 2013 e de forma avassaladora. O brasileiro venceu as dez primeiras lutas que disputou, conquistou o cinturão do peso-médio do LFA em 2017 e chamou a atenção do UFC. No Ultimate, entretanto, o paulista não repetiu as grandes apresentações, com duas vitórias e cinco derrotas.

Conhecido por seu trabalho no Youtube, Jake Paul fez sua primeira luta de boxe profissional em janeiro do ano passado, contra o também colega de profissão AnEsonGib, em duelo vencido por ele por nocaute técnico ainda no primeiro round. Dez meses depois, o americano voltou a triunfar, desta vez diante de Nate Robinson, ex-jogador da NBA, em mesmo evento que marcou o retorno de Mike Tyson aos ringues.

MMA