PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Presidente do Bellator mostra interesse em 'Cigano' para luta com Fedor

Junior Cigano, durante pesagem para o UFC 252 - Handout/Zuffa/LLC via Getty Images
Junior Cigano, durante pesagem para o UFC 252 Imagem: Handout/Zuffa/LLC via Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

02/04/2021 13h23

Conhecida como a segunda maior organização de MMA do mundo, o Bellator segue em busca de se aproximar do UFC. Para elevar seu patamar no esporte, a companhia liderada por Scott Coker aposta em nomes conhecidos do público e, dessa forma, a imprensa especializada especula que Alistair Overeem e Júnior 'Cigano' estejam em pauta. Ao tomar conhecimento dos rumores, o presidente da empresa esclareceu o cenário.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', Coker admitiu o interesse em contar com os serviços de 'Cigano' e Overeem no Bellator, justamente, para encontros contra Fedor Emelianenko, que se aproxima da aposentadoria. O cartola informou que as negociações não foram iniciadas, mas indicou que as portas da organização estão abertas para receber a dupla. Inclusive, o brasileiro e o holandês já tiveram seus nomes ligados ao de 'The Last Emperor'.

'Cigano' concordou em participar de um possível embate contra Fedor e Overeem, em seus tempos de Strikeforce, integrou o GP do peso-pesado, junto da lenda russa, porém o aguardado duelo não aconteceu. É bem verdade que, aos poucos, o Bellator modifica sua forma de contratação e passa a mesclar a experiência dos veteranos com apostas para o futuro. De qualquer forma, Coker adiantou que a realização de superlutas fazem parte dos planos de sua empresa.

"Não vamos assinar um contrato de dois anos, seis lutas, com esses lutadores. Eles já provaram seu valor, são lendas do esporte, mas temos lendas aqui também. Se acharmos que 'Cigano' e Overeem funcionam com Fedor, isso será muito interessante para mim", declarou Coker, antes de completar.

"Colocamos Fedor e Overeem em lados opostos da chave e Fedor perdeu. Ter essa luta agora pode ser interessante. Ainda estamos muito longe de fazer isso acontecer. Se eles conseguirem um contrato de exclusividade com outra organização, ótimo. Se buscarem superlutas, a porta está sempre aberta e vamos conversar", concluiu.

Fora do UFC, Alistair Overeem e Júnior 'Cigano' agitam o mercado. O BareKnuckle, organização de boxe sem luvas, sondou o peso-pesado brasileiro e o Rizin FF, companhia asiática, se aproximou do ex-campeão do Strikeforce, Dream e K-1. Quanto ao Bellator, a dupla pode ser beneficiada pelas contratações de Anthony Johnson e Yoel Romero, já que Scott Coker revelou que os pedidos dos fãs o convenceram a dar uma chance aos veteranos.

MMA