PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Jon Jones rebate Dana: "Grande maneira de promover a luta"

Jon Jones, durante o UFC 247 - RONALD MARTINEZ/AFP
Jon Jones, durante o UFC 247 Imagem: RONALD MARTINEZ/AFP

Ag. Fight

Ag. Fight

28/03/2021 12h05Atualizada em 28/03/2021 12h41

Ao que parece, Jon Jones não ficou satisfeito com a postura de Dana White na coletiva de imprensa pós-UFC 260, no último sábado (27). Após o presidente do Ultimate questionar o interesse do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) em enfrentar o novo detentor do cinturão peso-pesado Francis Ngannou, 'Bones' utilizou suas redes sociais para criticar a abordagem do dirigente sobre o assunto.

Em uma série de mensagens publicadas na sua conta no Twitter, o americano rebateu os comentários feitos pelo cartola, que levaram muitos fãs a questionarem se o lutador estaria com medo de encarar o novo campeão dos pesados, mesmo já tendo iniciado seu processo de transição para a categoria.

Além de reiterar seu interesse de buscar mais um cinturão para sua coleção, Jones reclamou da diferença de tratamento com outro astro da companhia: Conor McGregor. Incomodado, 'Bones' destacou que, quando o irlandês pede uma maior valorização financeira ao Ultimate, ninguém questiona seus motivos, mas, quando quem sugere um aumento salarial é ele, todos passam a crer que ele estaria com medo de um hipotético confronto.

"Eu abandonei a divisão dos meio-pesados, literalmente ganhei uma grande quantidade de peso. E agora as pessoas estão dizendo que eu estou com medo? Todo mundo, menos eu, alegando que eu estou com medo. Tudo que eu pedi foi para ser pago", ressaltou Jones, antes de continuar seu desabafo no 'Twitter'.


"Por que um lutador tem que estar com medo no segundo que ele menciona que quer ser pago o que vale? Que insulto", reclamou. "Conor McGregor quer muito dinheiro, isso é o esperado. Jon Jones quer dinheiro, agora ele está com medo".


A sequência de reclamações do ex-campeão não se limitou ao 'Twitter'. Em sua conta oficial no Instagram, Jon Jones disparou contra Dana White e criticou veementemente a forma com que o dirigente optou por tratar a situação, o deixando malvisto perante o público.

"Que grande maneira de promover a luta. Vamos apenas cagar no Jon Jones e fazê-lo parecer estar com medo. Como ele se atreve a pedir para ser pago muito dinheiro para uma luta séria", disparou 'Bones'.

Soberano da divisão dos meio-pesados durante anos, Jon Jones abdicou do cinturão no ano passado e decidiu iniciar o processo de ganho de peso para subir de categoria. Desde então, a expectativa era de que o americano fizesse sua estreia na nova divisão já em uma disputa pelo título, diante do vencedor do confronto entre Stipe Miocic e Francis Ngannou, realizado no sábado (27).

Na véspera do UFC 260, o próprio Dana White confirmou que o plano da organização era colocar 'Bones' diante do vencedor da disputa já na sua estreia entre os pesados. Mas, logo após a coroação de Ngannou como novo campeão da categoria, o dirigente adotou uma postura diferente, insinuando que Jones poderia não ter interesse, de verdade, em enfrentar o camaronês.

MMA