PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Dana White questiona interesse de Jon Jones em duelo contra Ngannou

Dana White, presidente do UFC - Brandon Magnus/Zuffa LLC via Getty Images
Dana White, presidente do UFC Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC via Getty Images

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

28/03/2021 04h47

Tudo parecia perfeito para o anúncio do duelo entre Francis Ngannou e Jon Jones. Depois de nocautear Stipe Miocic e conquistar o cinturão dos pesos-pesados do UFC neste sábado (27), o camaronês estava praticamente confirmado para dar as boas-vindas ao americano na nova categoria. Este cenário, porém, não parece convencer Dana White.

Em conversa com a imprensa logo após o término do show realizado na cidade de Las Vegas (EUA), o presidente do evento questionou o real interesse de 'Bones', ex-campeão dos meio-pesados (93 kg), em medir forças contra o nocauteador camaronês. Sem perder tempo, Dana ainda sugeriu que o atleta deveria temer o poder de fogo do novo campeão dos pesados.

"Se eu fosse o Jon Jones e estivesse em casa assistindo esta luta, eu começaria a mudar para 185 libras (risos). Olha, posso sentar aqui o dia inteiro e falar sobre o que 'show the money' significa. Falo sobre isso o tempo todo. Você pode falar que quer enfrentar alguém, mas você realmente quer?", provocou o cartola, se referindo ao post do atleta em redes sociais logo após o evento que dizia 'show me the money' (mostre o dinheiro).

Em teoria, a frase de Jones indicaria seu interesse em enfrentar o campeão dos pesados. Para isso, no entanto, a condição seria que ele recebesse o valor que acha que merece para encarar o desafio. Para Dana White, no entanto, tal argumento serviria como cortina de fumaça para que ele pudesse evitar o confronto.

"Você pode fechar essa luta esta noite. Ligue para o matchmaker agora. Derrick Lewis é a luta para acontecer. Mas se Jon Jones realmente quer essa luta.. Olha, uma coisa é ir lá fora e colocar no twitter que você quer, e que ganhou peso e isso e aquilo. Mas você quer lutar?", ironizou, apontando para o atual número dois do ranking como favorito para encarar Ngannou.

"Te prometo, podemos ligar o Derrick Lewis ou algum outros desses pesados e eles querem luar. Se Jon Jones quer lutar, ele sabe que pode conseguir essa luta. Ele só precisa ligar. Como eu digo, é fácil dizer que quer, mas se você realmente quer?", finalizou Dana White.

Atento às afirmações do cartola, Jones comentou parte de suas declarações instantaneamente através de suas redes sociais. Ao ver o indicativo de que o atleta deveria temer o duelo contra o novo campeão, o veterano foi direto.

"Ir para os pesos-médios (84 kg)? Eu não ganhei todo esse peso por nenhuma razão (risos)", ressaltou. "Se tem alguém questionando se eu quero essa luta, a resposta é sim. Mas eu também quero receber".

Ex-campeão dos meio-pesados do UFC, 'Bones' vagou o cinturão da categoria em 2020 e anunciou que mudaria de divisão. Desde então, o atleta trabalha para aumentar sua massa muscular e adequar sua performance à de um peso-pesado. Ao mesmo tempo, ele deixou claro que seu esforço só valeria apenas mediante uma compensação financeira - justamente o ponto central de toda a polêmica.

MMA