PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Vicente Luque desafia Nate Diaz: 'Tenho nome para enfrentá-lo'

Vicente Luque desafia Nate Diaz após vitória em Las Vegas - Leandro Bernardes / PxImages
Vicente Luque desafia Nate Diaz após vitória em Las Vegas Imagem: Leandro Bernardes / PxImages

Ag. Fight

Ag. Fight

28/03/2021 10h57

Recém-saído da maior vitória de sua carreira, Vicente Luque já tem em mente quem gostaria de enfrentar no seu próximo compromisso. Em conversa exclusiva com a reportagem da Ag Fight nos bastidores do UFC 260 (veja acima ou clique aqui), após finalizar o ex-campeão Tyron Woodley no co-main event da noite, o meio-médio (77 kg) citou o americano Nate Diaz como seu principal alvo.

Com o triunfo sobre Woodley no último sábado (27), Vicente chegou a marca de nove vitórias em suas últimas dez lutas, sendo as três mais recentes de forma consecutiva. Baseado nessas credenciais, o brasileiro projeta que seu próximo oponente saia do top 5 da divisão, mas admite que abriria mão de um confronto contra os cinco primeiros colocados no ranking dos meio-médios caso lhe fosse oferecida uma peleja contra o 'bad boy' Nate Diaz.

O duelo contra Diaz, um dos lutadores mais populares do plantel da liga, pode dar a Luque prestígio e dinheiro, uma combinação que é sempre bem-vinda. Seja contra o 'bad boy' ou diante de um membro do top 5 da categoria, uma coisa é certa: Gilbert 'Durinho' não é uma opção de adversário para Vicente. Além de companheiros de equipe, os atletas tupiniquins mantém uma relação de amizade fora dos octógonos e já deixaram claro que não aceitariam se enfrentar.

"Chegou a hora. Acho que agora eu mostrei para a divisão que eu sou um lutador de MMA completo. Hoje eu tenho capacidade de enfrentar aqueles top 5, e é isso que eu estou mirando. Eu quero alguém ali dentro do top 5. A única luta que eu abriria exceção é o Nate Diaz. Ele está aposentado, hora ou outra ele fala que vai voltar", comentou Luque, antes de completar.

"Eu acho que sou um adversário excelente pelo estilo e, hoje, acho que já tenho nome para enfrentar um cara como Nate Diaz. Vamos ver. Se ele tiver interesse... Já chamei ele no passado, ele nem respondeu, não falou nada. Ele disse que gosta de lutar com caras que caem para dentro, que são porradeiros. Eu sou esse cara. Então, vamos ver se ele vai querer mesmo essa luta", concluiu.

Vale lembrar, no entanto, que o americano não compete desde 2019 e não dá nenhum indício de que esteja próximo de um retorno. Recentemente o presidente do UFC, Dana White, indicou que a organização trabalhava para agendar o próximo compromisso do lutador e que ele voltaria ao peso-leve (70 kg), após disputar suas últimas lutas entre os meio-médios. Porém, o assunto parece ter esfriado nas últimas semanas.

No UFC desde 2015, Vicente Luque já ocupa a segunda posição na lista de maior número de vitórias pela via rápida, seja por nocaute ou finalização, na divisão dos meio-médios na história do UFC. Atualmente com 12 triunfos do tipo, o 'Silent Assassin' está atrás apenas de Matt Brown, que possui um a mais.

MMA