PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Além de Junior 'Cigano', Ultimate também demite Alistair Overeem, diz site

Ag. Fight

Ag. Fight

04/03/2021 09h52

Não foi só Junior 'Cigano' que teve seu nome cortado do UFC na última quarta-feira (3). Alistair Overeem, outra grande estrela da divisão peso-pesado, também foi demitido da organização e não vai lutar mais dentro do octógono mais famoso do mundo. A informação inicial foi divulgada pelo site americano 'MMA Junkie'.

A história de Overeem no Ultimate começou em dezembro de 2011, quando o holandês não tomou conhecimento de Brock Lesnar, ex-campeão da liga, e o nocauteou no primeiro round. Após essa luta, em 20212, o europeu iria enfrentar Junior 'Cigano', pelo cinturão da divisão, mas foi pego em exame antidoping e suspenso.

Em 2016, após engatar uma sequência de quatro vitórias, Overeem, enfim, teve a chance de lutar pelo título da categoria, mas foi nocauteado por Stipe Miocic e viu seu sonho de ser campeão da franquia ir por água abaixo. Depois dessa oportunidade, o lutador viveu um momento de instabilidade, com seis vitórias e quatro derrotas.

Em sua última apresentação, em fevereiro deste ano, Overeem foi nocauteado por Alexander Volkov, em evento realizado em Las Vegas (EUA). No total de sua carreira pela organização, o lutador conseguiu 12 triunfos e oito reveses.

Esporte