PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Impressionante! McGregor embolsa cerca de R$ 60 mil por segundo no UFC 257

Ag. Fight

Ag. Fight

25/01/2021 17h52

Em relação ao âmbito profissional, o UFC 257 não foi o melhor evento para Conor McGregor, mas em termos financeiros, o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) da organização não teve do que se queixar. Na atração realizada no último sábado (23), em Abu Dhabi (EAU), o astro irlandês perdeu a revanche para Dustin Poirier ao ser nocauteado no segundo round, porém, como não poderia ser diferente, ganhou uma bolsa vantajosa. De acordo com o jornal inglês 'The Independent', McGregor faturou cinco milhões de dólares (cerca de R$ 27 milhões).

A quantia sinalizou que McGregor embolsou aproximadamente R$ 60 mil a cada segundo que pisou no octógono. Vale lembrar que o atleta também leva para a casa uma fatia das vendas de pay-per-view. O próprio Dana White, presidente do show, comemorou o sucesso do evento e indicou que as vendas de pacotes televisivos para a atração integram o top-3 da história da companhia. O efeito McGregor também refletiu no faturamento de Poirier. De acordo com a publicação, o americano conquistou a maior bolsa de sua carreira.

Conor McGregor e Dustin Poirier lutaram em 2014, pelo peso-pena e, na época, fora do octógono, a dupla se envolveu em um 'trash talk' pesado e protagonizou encaradas tensas. Dentro dele, o duelo foi vencido pelo irlandês por nocaute ainda no primeiro round. Antes da revanche ser oficializada pelo UFC, a dupla negociava para realizar uma luta beneficente. No novo encontro, que apresentou uma relação amistosa entre as partes, o americano deu o troco da mesma forma, no segundo assalto.

Esporte